Talento e categoria. Mas com vergonha na cara

MAIOR CRAQUE DE FUTEBOL
DO BRASIL É UMA MULHER


Com mais um autêntico show de bola, digno dos tempos de Pelé, Coutinho e Cia.,  o Santos massacrou o Caracas por 11 a 0 na Vila Belmiro e garantiu a classificação antecipada para as semifinais da Copa Libertadores Feminina. No jogo anterior, a vitória das 'Sereias da Vila' foi de 12 a 0.
Marta (foto) fez dois gols e mais uma vez esbanjou categoria ao lado de Cristiane, a artilheira da Libertadores, que comprovou seu 'faro de gol' ao anotar cinco dos 11 gols santistas. Fran (2), Maurine e Érika completaram a goleada do Santos.
Chega a ser emocionante o empenho e dedicação do time feminino do Santos. Só para não me alongar, cito um exemplo. Era o final do primeiro tempo e o time já vencia por 6 a 0. Marta perdeu uma bola no ataque. Pensa que ela ficou parada, como fazem os craques masculinos? De jeito nenhum. Cheia de brio e garra foi atrás da jogadora venezuelana e tirou-lhe a bola. Esse time do Santos é um exemplo que deveria ser seguido pelo próprio time masculino do Santos e pelos futebolistas de todo o País. Talento só não é suficiente. É preciso ter brio, vergonha na cara e respeito pelo torcedor.
Já escrevi no Twitter do blog, que se o Notícias Populares, o jornal, fosse vivo daria a seguinte manchete: MAIOR CRAQUE DE FUTEBOL DO BRASIL É UMA MULHER. É claro que estamos nos referindo à Marta.
Mas todo o time feminino do Santos é muito bom e vale a pena ser prestigiado, como ocorreu na Vila, neste sábado (10/10). O jogo foi disputado perante um público de 8.263 pessoas, número muito parecido e até maior que as presenças registradas em jogos do time masculino do próprio Santos.
A vitória deu ao Santos a liderança do grupo 1 da Libertadores feminina com nove pontos em três jogos, com 26 gols marcados e apenas um sofrido. O resultado positivo também ampliou a série de jogos sem perder do Santos na temporada - agora já são 55 partidas seguidas sem saber o que é ser derrotado.
O Santos volta a jogar nesta terça-feira, 13/10, às 15h30 contra o Everton, do Chile, em duelo que decide o primeiro lugar da chave.

Nenhum comentário: