NETSHOES: GAROTO ESPERA A SONHADA BYKE DE NATAL, MAS SÓ RECEBE A BOMBA DE ENCHER PNEU

Presente de Igor só chegou depois do Natal
A descaso da Netshoes em cumprir prazos estragou o Natal de muita gente, não só do editor deste blog (ver postagem anterior). Entre as pessoas frustradas pela irresponsabilidade da loja virtual de produtos esportivos estão o garotinho Igor e sua mãe Sarah Rubia, criadora do blog Eu, Meu Filho e o Diabetes, onde compartilha suas peripécias nos cuidados com o filho, de dez anos, diagnosticado com diabetes Melitus tipo 1 desde 2009.
“Posso dizer que foi um dos piores Natais que passei”, desabafou Sarah em seu blog no último dia 26, relatando os transtornos causados pelo atraso na entrega da bicicleta que ela encomendara para o filho. A entrega estava prevista para antes do Natal, mas na sexta-feira, 23, a única coisa que chegou foi uma bomba de encher pneu de bicicleta, que fora dado como brinde pela compra.

Glicemia alterada - “Foi triste ver o Igor chorar porque não ganhou o presente, está sendo horrível ver a variação glicêmica por conta da ansiedade, mas a vida é assim, infelizmente ele terá que aprender a conviver com isso, nem tudo vai acontecer como esperamos, nem todos vão cumprir com a palavra, nem todos terão compromisso com prazos e profissionalismo, mas que é horrível, isso é”, relatou Sarah.
Ainda segundo ela, mesmo tendo recebido outros presentes, Igor não parava de pensar na bicicleta e foi necessário muita insulina para conter a variação glicêmica causada pela ansiedade.

Entregador ainda reclama - Em seu twitter, Sarah lembrou que quando a bicicleta finalmente chegou ainda teve de ouvir a reclamação do entregador por morar muito longe – ou seja a meia hora da central da distribuidora. É muita cara de pau da empresa.  Mas também é resultado da impunidade que existe para esse tipo de comércio, que promete mundos e fundos, mas sequer cumpre o prazo de entrega. E o pior é que fica por isso mesmo.
Por isso NP quer ouvir a sua reclamação sobre essas empresas virtuais de venda. Se você já foi vítima de uma Netshoes da vida, conta a sua história no espaço para comentários abaixo, envie um e-mail para NP ou post sua bronca pelo twitter em #deletenetshoes.

NETSHOES RECEBE ADIANTADO, NÃO ENTREGA NO PRAZO PREVISTO E SACANEIA O NATAL DO CLIENTE

Se você também foi vítima, tuíte com NP: #deletenetshoes
Comprar pela internet pode facilitar a nossa vida, mas também pode ser altamente frustrante, se do outro lado você tem uma empresa que não cumpre o prazo de entrega. Foi que aconteceu com o editor de NP na aquisição de um tênis da Netshoes para presentear o seu filho no Natal.
Pago à vista, no dia 19/12, o produto não chegou ao seu destino até o momento em que esta nota era postada. O pedido de número 248224459 tinha previsão de entrega de dois dias a partir da identificação do pagamento, que foi feito vila boleto e identificado no dia 20/12, conforme e-mail enviado ao comprador. Na própria gravação do SAC da empresa, quando digitado o número do pedido, a informação era de que a compra seria entregue até 21/12.
Não tendo recebido o produto até o dia 22, quinta-feira, embora houvesse gente o tempo todo no endereço indicado, o comprador ligou para o SAC da empresa (11.3028.5333), sendo atendido por Angélica, que abriu o protocolo 4698002, garantindo que até às 20h daquele dia o produto estaria entregue.

Papai Noel existe? – Balela. Foi o mesmo que acreditar em Papai Noel. Nada chegou e, na manhã de 23/12, sexta-feira, o SAC foi acionado novamente, já com um certo nervosismo da parte do cliente lesado. A voz do outro lado, bem ensaiada, disse que o pedido fora colocado na lista de prioridade absoluta e que até às 18h daquele dia estaria chegando.
No mesmo dia, às 16h03, o e-mail de um certo Glauco Ramos Cabral (glauco.cabral@netshoes.com.br) informava logo no primeiro parágrafo:”Conforme pedido realizado em nossa loja, viemos por meio deste informar que segundo rastreamento da transportadora, seu pedido está em rua para entregue, com possibilidade da entrega estender-se do horário comercial”.

Promessas e frustração – No sábado, 24,  nova ligação ao SAC, após o almoço. Novamente, a informação de que o pedido estava na lista de prioridade e que até às 18h estaria em mãos. Mas nada disso aconteceu. Na hora dos presentes na noite de Natal a frustração de não ter o tão aguardado tênis para entregar.
É bem provável que o produto chegue nesta segunda-feira, 26, com alguma justificativa ou até com um pedido de desculpas. O que também seria pouco para compensar o dano causado. Afinal, até quando vamos continuar à mercê de empresas, como essa Netshoes, que não cumprem o que prometem e frustram as pessoas? Por isso, participe da campanha de NP #deletenetshoes e use e abuse do blog para denunciar empresas virtuais como essas que não cumprem nem o que elas próprias estipulam.
No dia 20, e-mail informava que a mercadoria já fora expedida
Por e-mail, no dia 23, informação era que o produto estava na rua

$ubprefeitos-coronéis podem ter $alário de 35 mil

AUMENTO DE 236% ENGORDA OS GANHOS DE 28
CORONÉIS QUE COMANDAM SUBs EM SÃO PAULO 
Os vereadores paulistanos aprovaram e o prefeito Nunkassab transformou em lei projeto que reajusta em até 236% os vencimentos de cargos de chefia do segundo escalão.
Com isso, 28 dos 31 subprefeitos de São Paulo poderão engordar substancialmente os seus ganhos mensais, passando a receber um salário de até R$ 35 mil. 
Acontece que esses 28 subprefeitos são coronéis da reserva da Polícia Militar, como o NP levantou em primeira mão no dia 17 de outubro de 2010, e já recebem R$ 15 mil de aposentadoria.
Veja como começou a festança das subprefeituras "coronelistas" e os efeitos negativos que a iniciativa do prefeito NunKassab teve na qualidade dos serviços prestados aos cidadãos, que, por ironia, têm de pagar impostos e sustentar a farra. Leia com atenção os links abaixo e já comece a refletir no que vai fazer no ano eleitoral de 2012.
Coronéis comandam subprefeituras de Sampa
NP pauta Estadão em matéria sobre coronéis
NP pauta o Estadão e, por tabela, o Folhão
Subprefeituras têm agora 22 coronéis da PM no comando
==

Praça em Santo André vira acampamento

CASAL MONTA BARRACA NA PRAÇA
E AUTORIDADES NÃO ESTÃO NEM AÍ
Na Praça Vereador Cesar Maida, no Bairro Campestre, em Santo André, há um casal acampado há quase um mês.
Todas as noites eles montam a colorida barraca, como se estivessem num camping, e a desmontam quando acordam, lá pelas 10h da manhã.
A barraca é escondida num telhado atrás de um muro que dá para uma horta em área de torres da Eletropaulo.
Alguns vizinhos já se cansaram de ligar para a Guarda Civil Municipal. Todas as vezes a GCM promete que vai enviar uma viatura imediatamente ao local, mas nada acontece. Uma dessas promessas quem fez foi o GCM Amorim.
O casal certamente está morando na praça por falta de uma moradia digna. Mas isso é outro problema e não justifica a ocupação de um espaço público.
Afinal, como diz um morador, se a moda pega não haverá mais praças em Santo André ou qualquer outro lugar do País, pois nosso déficit habitacional gira em torno de 8 milhões de moradias.
O problema é que Santo André é um lugar meio esquisito, como mostra o post do NP datado de junho deste ano. Confira.
Agora o casal está neste local da praça. Mas já esteve em...

...em outro canto, como mostra foto tirada por vizinho. E quando...
...saíam ainda deixavam o espaço demarcado por um plástico

Povo protesta contra sujeira na "capital do IDH"

Depois que o NP dedurou, moradores
reclamam contra lixo em São Caetano
Faixa pede para que não se jogue lixo no local. Iniciativa é tímida mas já é alguma coisa
Na cidade apontada como a de maior índice de desenvolvimento humano do País, São Caetano do Sul, na região do ABC paulista, há lugares onde o único IDH que impera é o índice de desfaçatez e hipocrisia.
É o caso da Vila Santa Maria (ver post), na divisa com Santo André, onde tem de tudo um pouco: mato, lixo e uma passagem de pedestres - usada indevidamente por motoqueiros - que está se desfazendo, pois o concreto está indo embora e dando lugar à terra batida e ao barro.

Uma praça na Barroca - Depois da bronca de NP, moradores do bairro resolveram improvisar umas faixas onde pedem que não se jogue lixo por lá e dando um toque nas autoridades para que transformem o local conhecido como "Barroca" numa verdadeira praça.
É uma ação ainda tímida, mas que tem todo apoio do NP, pois ser vaquinha de presépio em tempos de internet e celulares equipados com câmeras de vídeo e foto é coisa de gente acovardada, que não merece viver em centros urbanos.
Vá lá: filme, fotografe o que há de pior em sua rua, seu bairro, sua cidade e mande para NP. O blog dá a maior força à sua bronca.
Outra faixa pede que a "Barroca" seja transformada em praça. E por que não?

NÃO SEJA VAQUINHA DE PRESÉPIO: META BRONCA

Há algumas versões sobre a origem da expressão "vaquinha de presépio", mas todas concordam num ponto: ser "vaquinha de presépio" é baixar a cabeça e dizer sim a tudo, ou então não ter a mínima reação diante das afrontas a que estamos expostos todo dia em nossa rua, nosso bairro, nossa cidade, nossa região, nosso Estado ou nosso país.
NP quer que você exercite sua cidadania metendo bronca em tudo o que vê de errado por aí: o lixo jogado fora do lugar correto, o asfalto cheio de buracos, o transporte superlotado, a rua que vira lamaçal quando chove, o descaso no atendimento de saúde... Enfim tudo o que prejudicar o dia a dia do cidadão tem de ser divulgado o máximo possível, para esfregar no nariz das autoridades de plantão e cobrar reparos.
Fotografe, faça bom uso de sua câmera ou do seu celular incrementado, enviando para o NP imagens que ilustrem suas reclamações. NP quer aproveitar a maravilha que é a tecnologia para mostrar tudo de sinistro que existe por aí.
Poste sua reclamação, com foto, vídeo etc, no espaço para comentário do blog (ver abaixo) ou envie para blogdonp@gmail.com
Sua bronca pode vir ainda via Facebook ou Twitter.

Você sabe o que é IDH em São Caetano do Sul?

ACERTOU QUEM DISSE ÍNDICE
DE DESFAÇATEZ E HIPOCRISIA
São Caetano do Sul, no ABC paulista, se vangloria de ser a cidade brasileira com o maior IDH do País. IDH, ao pé da letra, é índice de desenvolvimento humano. Mas, a julgar pelas fotos abaixo, tiradas na divisa de Sanca com Santo André, a sigla na região significa índice de desfaçatez e hipocrisia. Isso mesmo. Dê só uma olhada nesta passagem ligando os bairros Santa Maria, em Sanca, e Campestre, em Santo André. A passarela que deveria ser só para pedestres serve de caminho para motos, cavalos e, para completar, é depósito de lixo em todas as estações e vira lamaçal em dias de chuva. Sem contar esgoto a céu aberto e pinguela para atravessá-lo. Uma beleza.

Confira as imagens feitas em diferentes ocasiões por Lourdes Rivera e pelo Celular Implacável NP.




































































































































Paraquedismo quer bater novo recorde em Boituva

ATLETAS DOS CÉUS TENTAM ESTABELECER
NOVA MARCA EM QUEDA LIVRE FEMININA
Sol o ano todo ajuda esporte em Boituva
(foto: Emerson Rubinho)
Neste feriadão da Proclamação da República mais uma vez os céus de Boituva serão coloridos pelos atletas do paraquedismo. Na cidade que é conhecida como Capital Nacional do Paraquedismo e que fica a apenas 116 quilômetros de São Paulo pela rodovia Castelo Branco, estarão reunidos até esta terça-feira (15), atletas de todo o País com o objetivo de bater um novo recorde brasileiro feminino de Formação em Queda Livre.
Ao mesmo tempo outros paraquedistas estarão aproveitando o feriadão para treinar para a próxima tentativa de quebra do recorde sulamericano da modalidade, que acontece em abril do próximo ano, no Estado de Arizona, nos Estados Unidos.
A meta do mulheres voadoras da queda livre será formar uma figura em pleno ar com 28 integrantes. A marca atual é de 24 e foi conquistada em 2008, aqui no Brasil.  A equipe sulamericana, por sua vez, quer fazer isso com 152 paraquedistas, superando a marca de 102 conquistada em abril deste ano nos Estados Unidos.
Último recorde feminino reuniu 24 atletas
Depois de Boituva, os atletas se encontram novamente de 9 a 11 de março, em São João da Boa Vista, para mais um treinamento.
Em Boituva está sediada a Confederação Brasileira de Paraquedismo. Saiba mais acessando Brazilian Dream Team.

Calçadas. Cuidado: você pode ser a próxima vítima

SÓ EM SÃO PAULO CALÇADAS DESPACHAM
MAIS DE 100 MIL PRO HOSPITAL TODO ANO
Enquanto a prefeitura de São Paulo, embora com anos-luz de atraso, venha tomando medidas para melhorar suas calçadas, no ABC, que é coladinho à capital, o descaso continua sendo a palavra
de ordem.

Na metrópole mundial Sampa, uma lei deve triplicar a multa para quem não faz a manutenção de sua calçada. Uma atitude mais do que necessária, pois todos os anos mais de 100 mil pessoas se arrebentam nas esburacadas calçadas
da cidade.
Em post que foi ao ar dia 29/10, NP denunciou o estado deplorável em que se encontra um trecho de calçada existente na avenida Dom Pedro II, na entrada de Santo André, para quem vem de São
Caetano do Sul.
EM SANTO ANDRÉ, CALÇADA
TÊM BURACOS, MATO E LIXO
Mais de um mês depois, NP foi conferir e constatou que a situação se modificou no local, mas para pior. O terreno baldio que fica ao lado estava com toneladas a mais de lixo, a calçada mais esburacada e o pé de mamona que nasceu em um de seus buracos deu cachos.
Uma pessoa que trabalha na região disse que a fiscalização da prefeitura de Santo André foi chamada, veio ao local, mas disse que não pode fazer nada, pois o terreno baldio é particular...
E a pouca-vergonha continua lá, sem que nada seja feito. Está na hora de fazermos um movimento de cidadania contra esses descalabros. NP deixa pra você alguns links interessantes para que você registre o seu protesto. Mas antes de reclamar, dê boa uma olhada na sequência de imagens abaixo.
Calçada esburacada se mistura com o lixo do terreno baldio: um nojo



















Com as últimas chuvas, o pé de mamona ficou ainda mais viçoso e...

















...e deu cacho. É só colher e fabricar óleo para avião...





















Imagens como estas existem em diversos cantos nas cidades do ABC


















Calçadas de Sto André também tem o que sobra na cabeça dos políticos

Estudantes debatem vida e morte do NP

ELVIS NÃO MORREU: REI DO ROCK
CANTA E MATA AULAS NA ESTÁCIO
Conversa sobre o NP foi com luz de emergência
Na noite desta terça-feira (25/10), no auditório do campus Jabaquara do Centro Universitário Estácio, em São Paulo, a vida e a morte do jornal Notícias Populares foi tema de discussão entre alunos de jornalismo e professores num bate-papo com o escriba responsável por este blog.
Convidado a participar da Semana da Comunicação, que está acontecendo na Estácio, o jornalista Soldera falou após o performático show de Bob Lee, aluno da instituição e cover juramentado de Elvis Presley.
Em meio à apresentação de uma rajada de canções de Elvis, que levou à loucura a galera, Bob Lee pediu desculpas a um dos professores por ter matado algumas de suas aulas.
Por falta de energia elétrica, a conversa sobre o NP foi realizada com luz de emergência, sem microfone e, claro, sem datashow. Por conta disso, reconstuímos o crime por meio de links para textos e imagens a respeito do que foi levantado sobre a folha corrida do Notícias Populares.

TINHA UMA MESA DO MEIO DO CAMINHO...

 "No meio do caminho tinha uma pedra/ tinha uma pedra no meio do caminho"... Ou seria uma mesa? Que o poeta Carlos Drummond de Andrade, de onde quer que esteja, nos perdoe, mas não houve como não brincar com a ideia quando NP recebeu a foto tirada pela internauta Lourdes Maria, moradora de Santo André, no ABC.
 A simpática pracinha, que fica no bairro onde ela reside, vira e mexe serve de local de 'desova' de móveis e outros entulhos que os lixeiros não recolhem. E, como nos escreve Lourdes, parodiando o poema de Drummond:
"Nunca me esquecerei desse acontecimento na vida de minhas retinas tão fatigadas. Nunca me esquecerei que no meio do caminho tinha uma pedra, ou que no meio da pracinha tinha uma mesa..."
Para não perder a viagem confira o poema em vários idiomas..

E A MESA CONTINUARÁ NO MEIO
DA PRACINHA POR MUITAS LUAS
Na primeira noite, a mesa ficou intacta, no mesmíssimo lugar. Porém, na...

...na segunda noite foi quebrada, embora continuasse no mesmíssimo lugar
Devarinho a mesa vai sumindo, mas sempre no mesmo lugar


GRÃ-FINOS TENTAM IMPEDIR TRANSFERÊNCIA DE ALBERGUE PARA BAIRRO ESNOBE E SE ESTREPAM

Na tentativa de brecar a transferência de um albuergue de moradores de rua para o bairro, grã-finos de Pinheiros, na capital paulista, levaram a maior invertida do Ministério Público.
Em um pedido com 1,2 mil assinaturas, os esnobes proprietários queriam impedir que o albergue fosse instalado numa área residencial supernobre localizada na Rua Cardeal Arcoverde.
O tiro, porém, saiu pela culatra. Segundo o jornal O Estado de S. Paulo, o promotor Maurício Antonio Ribeiro Lopes comparou a iniciativa às tomadas na Alemanha nazista.
"É de provocar inveja a qualquer higienista social do Terceiro Reich a demonstração de tal insensibilidade. A ideia – ou o que ocupa o que deveria ser o seu lugar –, associando pobreza a criminalidade e violência, não tem guarida teórica e ética", sentenciou.
"Esse pedido é muito revoltante", qualificou ainda o promotor, que indeferiu a petição e enviou os nomes de seis síndicos que encabeçavam o documento para a Delegacia de Polícia Especializada em Crimes Raciais de Delitos de Intolerância (Decradi)
Todos responderão  a  inquérito por “intolerância social”, prevista no artigo 5º, inciso 41, da Constituição.
Veja reportagem do UOL.

Pra não dizer que NP não falou de Steve Jobs

Com tecnologia iPod, Apple
lançará JukeJobs e SteveBox

E, de repente, tão rápido quanto você muda a tela do seu iPhone a notícia da morte do gênio da informática, Steve Jobs, percorreu o planeta e tomou conta da mídia-espetáculo dos dias atuais.
Num instante todos os sites se ocupavam do assunto, todas as rádios comentavam a grande perda e as tevês mostravam extensas reportagens sobre o criador da Apple.
No dia seguinte, os jornais abriam enormes espaços de capa ao menino órfão de pais vivos (foi entregue para adoção assim que nasceu) que superou todas as barreiras e conseguiu se transformar numa das figuras mais admiradas do mundo.
As revistas tupiniquins não ficaram atrás, com destaque para a Veja, que botou em sua capa o símbolo da Apple, a maçãzinha mordida, como se fora uma simpática nuvenzinha, com Steve a bordo e, claro, batucando em uma das suas criações.
Istoé remou contra os gigabytes e terabytes, trazendo na capa a presidenta Dilma em duelo com a gang da Fifa... Depois o pessoal não entende por que os nerds odeiam tanto os políticos...
Mas bacana mesmo foi a manchete do site Sensacionalista: “Apple lança dispositivo para que fãs se comuniquem com Steve Jobs: o Chip Xavier”.
Na esteira da notícia, NP apurou que o Chip Xavier servirá para que a Apple faça Jobs, lá do Além, pensar num aperfeiçoamento para a JukeBox, a antiga máquina de tocar música que fazia e faz a festa de frequentadores de lanchonetes, bares e puteiros.
Afinal, se vivesse por mais tempo, talvez Steve tivesse prestado atenção na JukeBox, transformando-a num tocador de música mais inteligente, tipo o iPod, a “vitrolinha” de MP3.
Para nós do NP não precisa mexer no design cafona dela, que é a marca registrada da JukeBox em qualquer parte do mundo. Para nós aqui do Brasil, basta que a nova JukeBox tenha um dispositivo que a impeça de tocar pagodinhos vagabundos, nojeirices do mundo funk e outros atentados cometidos contra nossos ouvidos em dias atuais.
O equipamento, que deverá ser lançado em duas versões, será batizado como SteveBox e JukeJobs...

IMÓVEL DE 450 M2 NO CENTRO DE BOITUVA, A CAPITAL NACIONAL DO PARAQUEDISMO

Vende-se imóvel no centro da cidade de Boituva, a Capital Nacional do Paraquedismo, que fica a 116 quilômetros de São Paulo. Com terreno de 450 metros quadrados, o imóvel é uma ótima oportunidade para investidores com vistas a empreendimentos futuros.
Tratar diretamente com o proprietário: (11) 3424.8089 ou (11) 8131.8243
(Fotos Emerson Rubinho)

Mães de políticos deveriam testar as calçadas

PASSARELAS DO DESCASO MARCAM
A PAISAGEM DE NOSSAS CIDADES
A paisagem urbana brasileira, mesmo nos centros mais evoluídos, como a região metropolitana de São Paulo, traz pouquíssimos exemplos de calçadas decentes, padronizadas, que permitam a acessibilidade em todos os sentidos.
A região do ABC, ao lado da capital paulista, não é exceção e tem, seguramente, em Santo André os exemplos mais sinistros de calçadas toscas e perigosas. Por essas legítimas passarelas do descalabro deveriam desfilar as mães dos políticos que estão à frente da administração pública, principalmente aquelas que estiverem bem velhinhas.
Infelizmente, porém, os políticos em geral, quando nascem de forma natural, fazem de tudo para que suas mães e entes queridos não tenham que andar pelas calçadas das cidades que administram. Este espaço público tão negligenciado por prefeitos e nobres vereadores fica mesmo para os pobres mortais que têm de trabalhar duro para sobreviver e, além de sofrer com os desvarios do transporte coletivo, precisam ser malabaristas para não se machucar feio nas porcas e malfeitas calçadas das nossas urbes.
Celular Implacável NP mostra abaixo fotos feitas na entrada de Santo André pela Avenida Dom Pedro II. A área é formada por uma bifurcação de duas vias que vêm de São Caetano do Sul e se afunilam numa das pistas da Dom Pedro II. Como diria Boris Casoy: 'É uma vergonha'.
Pés de mamona e mato 'brotam' das calçadas em todo canto
Terreno baldio sem muro, lixo e o mapa do inferno das calçadas
Mamães de políticos deveriam ser obrigadas a caminhar por aqui

Para o Milton Neves morrer de inveja: Mengálvio

Mengálvio e o blogueiro do NP, em 2000, quando o grande bicampeão mundial pelo Santos FC (1962/63) dava aulas de futebol numa escolinha da prefeitura de São Paulo
Milton Merchandising Neves comentou recentemente num de seus dez programas pela Rádio Bandeirantes que há algum tempo, quando ainda não era milionário, ficou emocionado ao encontrar numa praia do litoral paulista, com um calção enorme, saindo do mar, a figura que ele identificou como um dos maiores jogadores de futebol do granda Santos FC: Mengálvio.
Milton disse que ficou sem jeito de chegar para falar com ele, pois não imaginava tamanha simplicidade em alguém que, entre outras conquistas, fora bicampeão mundial em 1962 e 1963, pelo glorioso Santos.
Pois é, Milton, o criador deste blog, cruzou com Mengálvio Figueiró, que está hoje com 72 anos, segundo o seu tão falado Que Fim Levou, bem mais recentemente e em outras condições.
Foi em 2000. Este blogueiro era assessor de imprensa de um vereador da Câmara de São Paulo e entrevistou Mengálvio, com direito a foto ao lado dele e tudo, para um jornal de campanha do tal político, cujo nome não vem ao caso.
Mengálvio, jeitão simples, sem frescura, era então treinador numa escolinha da prefeitura paulistana, então sob a desastrada e sinistra administração Celso Pitta. O autor deste blog se beliscou para saber se era verdade: ali, naquela escolinha humilde da zona sul, o famoso Mengálvio?
E era, como comprova a foto: estava frente a frente com Mengálvio, que tantas e tantas vezes ouvira no radinho Mistsubishi do seu pai ser escalado por Fiori Gigliotti na mais famosa linha de ataque do mundo: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.
Foi uma entrevista muito bacana, mas da qual só sobrou esta foto, que o autor do blog do NP guarda com muito carinho. Nas idas e vindas da vida, este blogueiro perdeu o exemplar do jornal onde saiu a reportagem com Mengálvio.

Baú do NP: FOLHA DE BOITUVA faz 88 anos

Logo original da Folha de Boituva
(clique nas imagens para ver melhor)
Neste mês de setembro o título Folha de Boituva completa 88 anos de existência. Digo ‘neste mês de setembro’ porque há uma divergência sobre sua data de fundação.
O atual herdeiro da marca 'Folha de Boituva", nosso amigo Luiz Carlos Paes Vieira, coloca na página da FB no Facebook o dia 23 de setembro de 1923.
Já o historiador e poeta boituvense Francisco de Oliveira Filho, com quem tive a oportunidade de conviver, relata em seu livro Boituva de Ontem, publicado a duras penas em 1987, que a FB surgiu em 13 de setembro de 1923.
Lá pelas tantas páginas de seu livro, “Seo Oliveira”, como carinhosamente era chamado, refere-se ao emblemático ano de 1922, que ficou marcado pela Semana de Arte Moderna e  pelo Centenário da Independência do Brasil, saudando o surgimento da Folha.
Atuação importante na luta pela emancipação
Saborosamente, Seo Oliveira conta que por essa época Boituva crescia, mas faltava à cidade um porta-voz, alguém que batalhasse por seus interesses, o que aconteceria com a fundação, em 13 de setembro de 1923,  do semanário Folha de Boituva, cujo lema era “imparcialidade e civismo”.
Ressaltando a luta do jornal pela emancipação política do município, que acabou por acontecer em 6 de setembro de 1937, ‘separando’ Boituva de Porto Feliz, Seo Oliveira alinha as três gerações que até então foram responsáveis pela FB.
Manoel dos Santos Freire foi o fundador, vindo depois Rogério Gomes, seu filho, e Rogério Gomes Filho, seu neto. O autor deste blog conheceu Rogério Gomes Filho, o querido ‘Lelo”, muito cedo, pois na edição de 24 de novembro 1968, quando tinha 11 anos, a Folha de Boituva publicou em sua primeira página um texto dele: “Garoto do 4º ano primário envia mensagem ao Prefeito eleito”.
 O texto, seu primeiro rabisco em tipos de imprensa , foi encomendado por seu pai, Antonio Soldera, que certamente recebera a encomenda de alguém do grupo político ao qual pertencia.
O livro "Boituva de Ontem" diz
que fundação foi no dia 13
A mensagem, que vocês podem ver neste post, saudava o prefeito recém-eleito, José Eurico Ferriello, como alguém que iria fazer a conciliação administrativa da cidade, que ficou durante anos dividida em turma de baixo e turma de cima, ou entre ‘picaços’ e ‘micuins’.
Autor deste blog teve seu
1º texto publicado na Folha
Mas este é outro assunto e NP voltará a ele noutra oportunidade. Assim como voltará a falar de Rogério Gomes Filho e do Seo Oliveira, o homem que criou o Museu Histórico e Pedagógico de Boituva, onde estava instalada a primeira biblioteca frequentada pelo criador deste blog. Inté.
  
OLHA AÍ O LELO - Queria por uma foto do  Lelo aqui no post mas não tinha. Aí dei uma busca na internet e achei um site chamado Amigos do Paraquedismo. E aí está o Lelo (seta) numa foto de 1970, tirada após o primeiro salto naquele que seria o Centro Nacional de Paraquedismo. Apresentado como presidente do Rotary Clube local e diretor da Folha de Boituva, Lelo está entre (da esquerda para direita) Décio Faria de Almeida, presidente da União Brasileira de Paraquedismo,  o atleta“Bié”(Gabriel),  Tancredo Primo , presidente do Lions Club,  José Eurico Ferriello, prefeito de Boituva,  paraquedistas “Salt” e Ademir, e  Roberto Faria de Almeida.