Baú do NP: Um Grito Demente (Final)

Dilma diz não à propaganda de opções sexuais

Essa NP gostou de ver: a presidenta Dilma mandou bala contra o kit Escola sem Homofobia, que, na maior cara de pau, ainda é chamado de kit anti-homofobia e kit gay. Dilma disse na manhã desta quinta-feira que assistiu a um dos vídeos e não gostou do que viu.
"Não aceito propaganda de opções sexuais. Não podemos intervir na vida privada das pessoas", falou a presidenta, acrescentando que “o governo pode, sim, ensinar que é necessário respeitar a diferença e que você não pode exercer práticas violentas contra os diferentes.”
E, para finalizar, a presidenta ainda disse que o governo vai revisar a questão: “Não haverá autorização para esse tipo de política de defesa A, B ou C. Agora, lutamos contra a homofobia.”
É isso aí, presidenta Dilma: lutar contra a homofobia, nota 1000. Mas fazer proselitismo, campanha sobre esse ou aquele tipo de vida sexual já é demais.
NP assina embaixo.

Baú do NP: Um Grito Demente (6)

CÃES GANHAM COLETE À PROVA DE BALAS

Os cães que auxiliam a polícia no árduo e arriscado trabalho de combate à criminalidade agora já podem ter também o seu colete à prova de balas. A novidade acaba de ser lançada por uma empresa de Mauá (SP), a InbraFiltro, especializada no desenvolvimento de produtos voltados à segurança.
Segundo o material de divulgação, o colete, que é exclusividade mundial da empresa, é composto por três partes: peitoral, dorsal e protetor de pescoço. Seu tecido é maleável e possui malha Poly 3D, que proporciona gerenciamento da umidade, melhorando o conforto térmico corporal do cachorro.
A parte dorsal possui alça de resgate com costuras reforçadas, além de duas argolas para instalação de equipamentos para prática de rapel e bolsa em formato de envelope para guardar os acessórios do rapel.
O colete foi produzido em conjunto com o Exército Brasileiro e está em fase de apresentação para as Polícias, Exército e Bombeiros.

Baú do NP: Um Grito Demente (5)

Roubaram o cabelo da crente no ponto do ônibus

Pilantras escalpam crente a estilete
para abastecer fábrica de perucas

Saiu num cantinho da Folha de S. Paulo a notícia que o NP dos velhos tempos daria com a manchete acima. O fato aconteceu num ponto de ônibus de Goiânia, a capital de Goiás, na tarde de anteontem.
Segundo a polícia, dois rapazes se aproximaram de Cleicilane Gonçalves, 24 anos, e cortaram com estilete, na altura dos ombros, seus longos cabelos.
Cleicilane teria consultado o marido antes de levar o caso à polícia local, que acredita que o objetivo dos bandidinhos seria vender o cabelo para a confecção de perucas.
Pois é, nem cabelo de evangélica os marginais respeitam mais. Aliás segundo o pensamento ateu de Zé Simão na mesma Folha de anteontem, se tudo o que falam de Deus é verdade, porque o papa anda de carro blindado?

Baú do NP: Um Grito Demente (4)

Livro jura que Jesus é ET. Deus e anjos também

Um livro que está rolando por aí em todos os formatos possíveis garante, apesar de ser divulgado como um romance, que Jesus Cristo era um extraterrestre. Está no texto de divulgação do livro: “romance demonstra, por meio de evidências históricas, que Deus, Jesus Cristo, anjos e outros deuses da Antiguidade são seres de outros planetas”.
O autor, Leo Mark, teria percebido isso aos treze anos de idade, quando fazia um estudo bíblico. Algumas passagens do livro sagrado interpretadas como divinas ou milagrosas, nada mais eram do que contatos imediatos com civilizações extraterrestres.
Já adulto, Mark diz ter passado mais de dez anos pesquisando documentos históricos, como a Bíblia, evangelhos considerados apócrifos, documentos sumérios, dentre outros livros afins. E foi aí que ele descobriu tudo isso e que a humanidade fora criada por esses seres para que fossem seus escravos.
O primeiro volume da trilogia Jesus Extraterrestre – A Origem – lançado simultaneamente no Brasil e nos Estados Unidos, em vários formatos: livro em papel, audiolivro e e-books de quase todos os aparelhos existentes.
Para completar há também um hotsite – JesusET.com.br – com os book trailers, que estariam recebendo “mais de 250 mil visualizações e centenas de comentários apimentados”.
Dê uma olhada. Qualquer dia vai estar no Jô. E como dizem os italianos: “Si non è vero, è bene trovato”.

Baú do NP: Um Grito Demente (2)

Diretamente do túnel do tempo, uma historinha publicada em sete capítulos, a partir do dia 9 de abril de 1985, no jornal Notícias Populares.
Clique na imagem para ver melhor:

Baú do NP: Um Grito Demente (1)

Diretamente do túnel do tempo, uma historinha publicada em sete capítulos, a partir do dia 9 de abril de 1985, no jornal Notícias Populares.
Clique na imagem para ver melhor:


Jornal do ABC chama povo de SP de ‘forasteiros’

PAULISTANOS GO HOME!

Manchete do Diário do Grande ABC na edição de 12 de maio passado: “Forasteiros compram 15% dos imóveis da região”. E, embaixo, naquilo que jornalisticamente se chama ‘linha fina’: “Paulistanos são atraídos pelo preço da moradia, menor do que em SP”.
Impressionante como o jornalão sediado no A do ABC, Santo André, regrediu nos últimos anos. Não faz muito tempo chegava quase ao nível da Folha de S. Paulo ou do Estadão. Atualmente, é um jornalzinho bairrista e xenófobo, como deixa claro a manchete acima.
“Forasteiro” tem um sentido pejorativo, dá a impressão daquele famoso slogan antiamericano que ainda rola pelo mundo: Yankees go home!
A manchete do DGBC parece sugerir que os paulistanos não têm direito de comprar imóveis na região do ABC, pois são invasores, alienígenas.
Com certeza, pela ótica do DGBC, só pode comprar um imóvel na região quem é de Santo André, São Bernardo do Campo ou São Caetano do Sul.
É isso aí: Paulistanos go home!