Carga é descarregada no meio da rua no ABC

CEGONHEIROS DESCARREGAM CARRÕES
NA PISTA DA AVENIDA EM SANTO ANDRÉ

Exibir mapa ampliado

O Celular implacável NP já flagrou por diversas vezes uma cena que é no mínimo esquisita: caminhões-cegonha descarregando automóveis, a qualquer hora do dia ou da noite, em plena pista de uma das mais movimentadas avenidas de Santo André, na região do ABC.
O fato se dá sempre na pista da direita da Avenida Dom Pedro 2º no sentido de quem vem de São Caetano do Sul pela Avenida Goiás, um local onde não se avista sequer uma concessionária de veículos por perto.
Como são apenas duas pistas, o caminhão-cegonha estreita ainda mais a passagem, criando uma situação que pode resultar em acidente sério, pois o a carreta fica estacionada no topo de uma subida em curva.
NP tentou ouvir um dos motoristas que param por ali. Sem se identificar e muito secamente ele disse que "são carros que vem do Norte".
"A gente traz os carros de lá para cá e leva outros para lá", grunhiu, de cara feira, encerrando o assunto. Seria interessante que as autoridades andreenses investigassem o que acontece nessas operações em plena avenida Dom Pedro 2º. Mas, segundo uma pessoa que trabalha próximo, "as viaturas passam e nem reduzem a velocidade".
Se não existe irregularidade com os veículos ali descarregados, há o fato de o caminhão-cegonha parar em local inadequado, existindo aí, no mínimo, uma infração de trânsito a ser punida, como você, leitor, pode ver claramente nas imagens abaixo.
Máquinas, como esse Mercedez, acompanham a descida de outros carrões

















O caminhão, já descarregado, visto do ângulo de quem chega a Sto. André
















No mesmo local, em plena noite, o cegonheiro deixou a carreta estacionada

















Aqui, no dia desta postagem, foto mostra operação descarga em andamento

2 comentários:

Anônimo disse...

Muito interessante este flaga.Tá cheirando que tem carne embaixo desse angu.

Anônimo disse...

Pois é, não vou me idntificar por que moro por perto. Mais nesse mato tem coelho,