Para o Milton Neves morrer de inveja: Mengálvio

Mengálvio e o blogueiro do NP, em 2000, quando o grande bicampeão mundial pelo Santos FC (1962/63) dava aulas de futebol numa escolinha da prefeitura de São Paulo
Milton Merchandising Neves comentou recentemente num de seus dez programas pela Rádio Bandeirantes que há algum tempo, quando ainda não era milionário, ficou emocionado ao encontrar numa praia do litoral paulista, com um calção enorme, saindo do mar, a figura que ele identificou como um dos maiores jogadores de futebol do granda Santos FC: Mengálvio.
Milton disse que ficou sem jeito de chegar para falar com ele, pois não imaginava tamanha simplicidade em alguém que, entre outras conquistas, fora bicampeão mundial em 1962 e 1963, pelo glorioso Santos.
Pois é, Milton, o criador deste blog, cruzou com Mengálvio Figueiró, que está hoje com 72 anos, segundo o seu tão falado Que Fim Levou, bem mais recentemente e em outras condições.
Foi em 2000. Este blogueiro era assessor de imprensa de um vereador da Câmara de São Paulo e entrevistou Mengálvio, com direito a foto ao lado dele e tudo, para um jornal de campanha do tal político, cujo nome não vem ao caso.
Mengálvio, jeitão simples, sem frescura, era então treinador numa escolinha da prefeitura paulistana, então sob a desastrada e sinistra administração Celso Pitta. O autor deste blog se beliscou para saber se era verdade: ali, naquela escolinha humilde da zona sul, o famoso Mengálvio?
E era, como comprova a foto: estava frente a frente com Mengálvio, que tantas e tantas vezes ouvira no radinho Mistsubishi do seu pai ser escalado por Fiori Gigliotti na mais famosa linha de ataque do mundo: Dorval, Mengálvio, Coutinho, Pelé e Pepe.
Foi uma entrevista muito bacana, mas da qual só sobrou esta foto, que o autor do blog do NP guarda com muito carinho. Nas idas e vindas da vida, este blogueiro perdeu o exemplar do jornal onde saiu a reportagem com Mengálvio.

Nenhum comentário: