NETSHOES: GAROTO ESPERA A SONHADA BYKE DE NATAL, MAS SÓ RECEBE A BOMBA DE ENCHER PNEU

Presente de Igor só chegou depois do Natal
A descaso da Netshoes em cumprir prazos estragou o Natal de muita gente, não só do editor deste blog (ver postagem anterior). Entre as pessoas frustradas pela irresponsabilidade da loja virtual de produtos esportivos estão o garotinho Igor e sua mãe Sarah Rubia, criadora do blog Eu, Meu Filho e o Diabetes, onde compartilha suas peripécias nos cuidados com o filho, de dez anos, diagnosticado com diabetes Melitus tipo 1 desde 2009.
“Posso dizer que foi um dos piores Natais que passei”, desabafou Sarah em seu blog no último dia 26, relatando os transtornos causados pelo atraso na entrega da bicicleta que ela encomendara para o filho. A entrega estava prevista para antes do Natal, mas na sexta-feira, 23, a única coisa que chegou foi uma bomba de encher pneu de bicicleta, que fora dado como brinde pela compra.

Glicemia alterada - “Foi triste ver o Igor chorar porque não ganhou o presente, está sendo horrível ver a variação glicêmica por conta da ansiedade, mas a vida é assim, infelizmente ele terá que aprender a conviver com isso, nem tudo vai acontecer como esperamos, nem todos vão cumprir com a palavra, nem todos terão compromisso com prazos e profissionalismo, mas que é horrível, isso é”, relatou Sarah.
Ainda segundo ela, mesmo tendo recebido outros presentes, Igor não parava de pensar na bicicleta e foi necessário muita insulina para conter a variação glicêmica causada pela ansiedade.

Entregador ainda reclama - Em seu twitter, Sarah lembrou que quando a bicicleta finalmente chegou ainda teve de ouvir a reclamação do entregador por morar muito longe – ou seja a meia hora da central da distribuidora. É muita cara de pau da empresa.  Mas também é resultado da impunidade que existe para esse tipo de comércio, que promete mundos e fundos, mas sequer cumpre o prazo de entrega. E o pior é que fica por isso mesmo.
Por isso NP quer ouvir a sua reclamação sobre essas empresas virtuais de venda. Se você já foi vítima de uma Netshoes da vida, conta a sua história no espaço para comentários abaixo, envie um e-mail para NP ou post sua bronca pelo twitter em #deletenetshoes.

NETSHOES RECEBE ADIANTADO, NÃO ENTREGA NO PRAZO PREVISTO E SACANEIA O NATAL DO CLIENTE

Se você também foi vítima, tuíte com NP: #deletenetshoes
Comprar pela internet pode facilitar a nossa vida, mas também pode ser altamente frustrante, se do outro lado você tem uma empresa que não cumpre o prazo de entrega. Foi que aconteceu com o editor de NP na aquisição de um tênis da Netshoes para presentear o seu filho no Natal.
Pago à vista, no dia 19/12, o produto não chegou ao seu destino até o momento em que esta nota era postada. O pedido de número 248224459 tinha previsão de entrega de dois dias a partir da identificação do pagamento, que foi feito vila boleto e identificado no dia 20/12, conforme e-mail enviado ao comprador. Na própria gravação do SAC da empresa, quando digitado o número do pedido, a informação era de que a compra seria entregue até 21/12.
Não tendo recebido o produto até o dia 22, quinta-feira, embora houvesse gente o tempo todo no endereço indicado, o comprador ligou para o SAC da empresa (11.3028.5333), sendo atendido por Angélica, que abriu o protocolo 4698002, garantindo que até às 20h daquele dia o produto estaria entregue.

Papai Noel existe? – Balela. Foi o mesmo que acreditar em Papai Noel. Nada chegou e, na manhã de 23/12, sexta-feira, o SAC foi acionado novamente, já com um certo nervosismo da parte do cliente lesado. A voz do outro lado, bem ensaiada, disse que o pedido fora colocado na lista de prioridade absoluta e que até às 18h daquele dia estaria chegando.
No mesmo dia, às 16h03, o e-mail de um certo Glauco Ramos Cabral (glauco.cabral@netshoes.com.br) informava logo no primeiro parágrafo:”Conforme pedido realizado em nossa loja, viemos por meio deste informar que segundo rastreamento da transportadora, seu pedido está em rua para entregue, com possibilidade da entrega estender-se do horário comercial”.

Promessas e frustração – No sábado, 24,  nova ligação ao SAC, após o almoço. Novamente, a informação de que o pedido estava na lista de prioridade e que até às 18h estaria em mãos. Mas nada disso aconteceu. Na hora dos presentes na noite de Natal a frustração de não ter o tão aguardado tênis para entregar.
É bem provável que o produto chegue nesta segunda-feira, 26, com alguma justificativa ou até com um pedido de desculpas. O que também seria pouco para compensar o dano causado. Afinal, até quando vamos continuar à mercê de empresas, como essa Netshoes, que não cumprem o que prometem e frustram as pessoas? Por isso, participe da campanha de NP #deletenetshoes e use e abuse do blog para denunciar empresas virtuais como essas que não cumprem nem o que elas próprias estipulam.
No dia 20, e-mail informava que a mercadoria já fora expedida
Por e-mail, no dia 23, informação era que o produto estava na rua

$ubprefeitos-coronéis podem ter $alário de 35 mil

AUMENTO DE 236% ENGORDA OS GANHOS DE 28
CORONÉIS QUE COMANDAM SUBs EM SÃO PAULO 
Os vereadores paulistanos aprovaram e o prefeito Nunkassab transformou em lei projeto que reajusta em até 236% os vencimentos de cargos de chefia do segundo escalão.
Com isso, 28 dos 31 subprefeitos de São Paulo poderão engordar substancialmente os seus ganhos mensais, passando a receber um salário de até R$ 35 mil. 
Acontece que esses 28 subprefeitos são coronéis da reserva da Polícia Militar, como o NP levantou em primeira mão no dia 17 de outubro de 2010, e já recebem R$ 15 mil de aposentadoria.
Veja como começou a festança das subprefeituras "coronelistas" e os efeitos negativos que a iniciativa do prefeito NunKassab teve na qualidade dos serviços prestados aos cidadãos, que, por ironia, têm de pagar impostos e sustentar a farra. Leia com atenção os links abaixo e já comece a refletir no que vai fazer no ano eleitoral de 2012.
Coronéis comandam subprefeituras de Sampa
NP pauta Estadão em matéria sobre coronéis
NP pauta o Estadão e, por tabela, o Folhão
Subprefeituras têm agora 22 coronéis da PM no comando
==

Praça em Santo André vira acampamento

CASAL MONTA BARRACA NA PRAÇA
E AUTORIDADES NÃO ESTÃO NEM AÍ
Na Praça Vereador Cesar Maida, no Bairro Campestre, em Santo André, há um casal acampado há quase um mês.
Todas as noites eles montam a colorida barraca, como se estivessem num camping, e a desmontam quando acordam, lá pelas 10h da manhã.
A barraca é escondida num telhado atrás de um muro que dá para uma horta em área de torres da Eletropaulo.
Alguns vizinhos já se cansaram de ligar para a Guarda Civil Municipal. Todas as vezes a GCM promete que vai enviar uma viatura imediatamente ao local, mas nada acontece. Uma dessas promessas quem fez foi o GCM Amorim.
O casal certamente está morando na praça por falta de uma moradia digna. Mas isso é outro problema e não justifica a ocupação de um espaço público.
Afinal, como diz um morador, se a moda pega não haverá mais praças em Santo André ou qualquer outro lugar do País, pois nosso déficit habitacional gira em torno de 8 milhões de moradias.
O problema é que Santo André é um lugar meio esquisito, como mostra o post do NP datado de junho deste ano. Confira.
Agora o casal está neste local da praça. Mas já esteve em...

...em outro canto, como mostra foto tirada por vizinho. E quando...
...saíam ainda deixavam o espaço demarcado por um plástico