‘Trecho norte do rodoanel tem traçado ilegal’

VEREADOR ZÉ AMÉRICO GARANTE
QUE A OBRA VAI FERRAR CAPITAL
O vereador paulistano José Américo Dias (reeleito pelo PT) afirma que o projeto do trecho norte do Rodoanel Mário Covas trará prejuízos econômicos, sociais e ambientais a São Paulo, pois fere o Plano Diretor da cidade e também a legislação federal do Conselho Nacional de Meio Ambiente (Conama).
Segundo Zé Américo, “a cidade não pode ser mais uma vez prejudicada por uma obra improvisada, feita a toque de caixa. O Estado e o município de São Paulo têm recursos financeiros e uma reserva de competência na engenharia, que poderiam ser aplicados para encontrar outras soluções para o transporte na área norte da região metropolitana", afirma o vereador, que enviou ofício ao secretário de Desenvolvimento Urbano, Miguel Bucalem, questionando a legalidade do projeto.

Manda-chuva admite mancada No final de outubro, o próprio presidente do Dersa, Laurence Casagrande Lourenço, admitiu que o traçado do trecho norte do Rodoanel ainda tem indefinições. A declaração foi feita em Guarulhos, em reunião com empresários, na sede da Associação Comercial e Empresarial da cidade.
"Existe uma série de ajustes locais que vão sendo construídos ao longo da obra. Então não é que não queremos divulgar, mas simplesmente porque isso vai sendo discutido e acertado ao longo da construção", disse o manda-chuva do Dersa.
Mas para Zé Américo, o buraco é mais embaixo:"O Dersa não pode divulgar o traçado definitivo para se resguardar das mobilizações dos atingidos e, principalmente de ações judiciais, já que o trecho norte do Rodoanel desrespeita as normas do Conama e do Plano Diretor de São Paulo. Uma rodovia classe zero não pode passar a menos de 20 quilômetros do centro da cidade e o Rodoanel Norte está a menos de dez...É uma obra inteiramente ilegal", diz o vereador petista.

Bronca já chegou a Brasília Para o engenheiro ambientalista Mauro Victor, conselheiro do Instituto Brasileiro de Proteção Ambiental (Proam), "não existe controle social" da obra do Rodoanel, onde o solo urbano virou uma mercadoria na qual o Plano Diretor e o interesse público não prevalecem.
Victor já esteve reunido inclusive com a ministra do Meio Ambiente, Izabella Teixeira, para apontar os vacilos do Conama e do Ibama, que aprovaram o projeto, apesar de uma série de furos constatados por especialistas.
A bronca já seguiu para a Presidência da República e de lá para a Controladoria Geral da União (CGU), que está reavaliando as aprovações.

ESTAMOS A BORDO NOVAMENTE


A.M.Soldera

Boituva, a terra natal, sempre no coração
Como dizia, nos anos 80, o jornalista Ferreira Neto na abertura de seu programa de entrevistas patrocinado pela companhia aérea Varig, “estamos a bordo novamente”.
Depois de uma cirurgia brava para extração de um rim – recebemos alta há uma semana –, iniciamos agora uma nova etapa na vida.
Em momentos como esse a única coisa que podemos fazer é ter fé e acreditar que Deus nos ajudará a superar as dificuldades.
Para mim, além da fé foi muito importante contar com o apoio da família, dos parentes, dos amigos, colegas de trabalho.
Muitas foram as orações em prol da minha recuperação e eu só tenho a agradecer a todos quantos por um minuto sequer no seu dia a dia dirigiram o seu pensamento a Deus pela minha saúde.
Já era para ter feito isso desde o dia 17, quando recebi alta, mas os muitos dias de hospital me deixaram meio lerdo de raciocínio e sem inspiração para escrever.
Além do que acontecimentos como esse nos levam a muitas reflexões sobre a maneira como conduzimos nossas vidas e nos mostram como somos vulneráveis, acabando com qualquer empáfia que por ventura tenhamos em relação aos nossos companheiros de viagem aqui na Terra.
Assim, reitero meus agradecimentos aos familiares, meus parentes, amigos, conterrâneos de Boituva, companheiros de trabalho, conhecidos, pela força espiritual que me deram para enfrentar a doença e me fortalecer com os ensinamentos que ela traz.
Por fim, não poderia deixar de agradecer o atendimento primoroso que recebi no Hospital do Igesp, em São Paulo. Enfermeiros, atendentes e os médicos Alexandre, Jesus e Scheneider, e em especial os enfermeiros Jackson e Wilson Marcos da UTI do 1º andar.
Sei que a luta não acabou, mas a principal batalha foi vencida. E, como eu disse no início, estamos a bordo novamente nessa grande espaçonave chamada Terra.
Obrigado.

BOITUVA, MEU AMOR

Boituva 106 anos. Hora de renovar
para voltar a ser notícia boa
Quem chegou ficou, quem partiu chorou, 
e não te esquece nunca mais...
Praça Coronoel Antonio Franco em dia de ruas enfeitadas para procissão
Boituva, cidade natal do criador deste blog e candidato a vereador, com Edson,, prefeito, e Juninho, vice, Soldera Jornalista, PPS, 23.222, completou 106 anos. Lugar de muitas cobras, segundo a língua indígena tupi – mboy, cobra; tyba, abundância - , Boituva festeja hoje 74 anos de emancipação política e 106 de existência, uma vez que foi elevada a vila em 1906, pelo decreto 1.014 de 16 de outubro.
Famosa pelo paraquedismo, a cidade, que fica no quilômetro 116 da rodovia Castelo Branco, tem sol a maior parte do ano e clima semelhante a Orlando, nos States da Walt Disney Word. Hoje é o ponto alto da chamada Boituvana, semana de festa que comemora a elevação de Boituva a município e, numa feliz coincidência, o 7 de Setembro, “Dia da Pátria”.
Parque Ecológico de Boituva
(clique na imagem para ver melhor)
E já que falamos em coincidências, por que não mencionar que o aniversário oficial da cidade agora, 6 de setembro, é também o Dia do Sexo, algo que não tem nada a ver, mas que tem tudo a ver, porque sem o dito cujo não existiríamos e não haveria motivação para nada. Afinal, de que adiantaria ficar rico, famoso, vencer na vida e buscar outras ilusões, se não houvesse um ser do sexo oposto ou do mesmo sexo (hoje em dia) a quem quiséssemos atrair?

COMO NASCEU A BOITUVANA - Mas isso é outra história, e o que interessa agora é falar de Boituva, que vive o ponto alto de sua Boituvana, festejo que o editor deste blog acompanhou desde sua criação, em 1975,  quando o prefeito era José Carlos Rosa.
José Carlos, prefeito que criou a Boituva, toma posse em 1973
A ideia de criação da Boituvana, aliás, partiu do próprio José Carlos Rosa, cuja posse no cargo, em 1973, este blogueiro cobriu em sua primeira missão como correspondente do jornal Diário de Sorocaba (veja imagem imagem).
Na época, o aniversário da cidade ainda era festejado a 16 de outubro e a 1ª Boituvana teve, entre outras atrações, danças folclóricas da Itália e do Japão apresentadas em praça pública. O autor destas maltraçadas tinha o registro disso tudo nas matérias que fez para o Diário de Sorocaba, mas estes arquivos se perderam nas idas e vindas de sua vida.
Para tocar a Boituvana, José Carlos Rosa montou uma comissão organizadora, que reunia, entre outros, o editor deste blog e o então vereador Antonio Evaristo Candiotto, desde aquela época conhecido como “Borghi”.
Brasão de Boituva: fidelidade,
trabalho e hospitalidade
A coisa pegou e mais tarde, talvez no governo do prefeito Olímpio Andrade – me corrijam os boituvenses de plantão que viveram o período –, a Boituvana passou a ser estrategicamente realizada em parelelo à Semana da Pátria.
O bacana é que hoje é o Dia de Boituva e amanhã, o Dia da Pátria. Bacana também que hoje podemos cantar e ouvir o Hino de Boituva, composto pelo excelente músico tatuiense Roberto Rosendo, num concurso promovido no primeiro mandato do prefeito Edson Marcusso como prefeito de Botuva.

SITE OFICIAL É RUIM DE HISTÓRIA - Por esse tempo, como assessor de imprensa do prefeito Marcusso, o autor deste blog acompanhou passo a passo a história do HINO DE BOITUVA, que será tema de um papo mais pormenorizado qualquer hora destas.
Para concluir queremos deixar aqui as nossas críticas ao site da Prefeitura de Boituva: é fraquinho demais na parte histórica. Se um estudante quiser informações detalhadas, com data e tudo mais sobre a história de Boituva, é bom que recorra à Wikipédia, como fez esse blogueiro.
A história de Boituva no site oficial da cidade se resume a um texto pobre e mal-escrito. Fala dos principais sobrenomes que estão ligados à origem da cidade e sequer menciona os Modolo, os Soldera e os Gaviolli, famílias italianas, que como outras lá mencionadas, ajudaram Boituva a ser o que é.
De qualquer forma, parabéns Boituva, meu amor. Aliás, fica criado desde já o movimento virtual denominado “Boituva, Meu Amor”. Vamos incrementar uma troca de ideias sobre a cidade via blog, Twitter e Facebook.

Bandeira de Boituva, meu amor
HINO CONTA A HISTÓRIA - Em vez de por aquele texto ridículo no site oficial sobre a história de Boituva, quem bolou o portal deveria ter colocado a letra do Hino de Boituva, que você pode ler abaixo ou ouvir com legendas acessando por aqui.
HINO A BOITUVA
Letra e música de Roberto Rosendo de Camargo
No antigo bairro "Campo de Boituva", desbravadores chegando aqui,
Chamaram-te "MBOI-TUBA" - MUITAS COBRAS, na língua indígena Tupi,
A terra abençoada e prometida da Fé que faz a força do Labor
Da "Hospitalidade" e o dom de bem servir
Ao próximo com muito amor!
Refrão:
Boituva, Boituva, terra onde reside a paz...
Quem chegou, ficou... Quem partiu, chorou,
E não te esquece nunca mais!
O trem de ferro da "Sorocabana" fez o progresso chegar aqui...
Na época a Cidade criou fama com as lavouras de Abacaxi,
Depois o Algodão e hoje a Cana, são frutos do teu solo produtor,
Uniram-se a Indústria e o Comércio aos ideais do agricultor.
(Refrão)
As Chácaras, o Camping, as Fazendas, os grandes Haras, tudo isto faz
Àqueles que procuram o aconchego, em teu sossego buscar a paz...
O Centro do Civil Paraquedismo... O pólo do Turismo e do Lazer...
BOITUVA nós sentimos ufanismo: É ÓTIMO TEU FILHO SER!
(Refrão)
O povo te dedica uma semana - A "BOITUVANA" que é tradição...
A "ÁGUIA DA CASTELO" se engalana e te proclama com emoção.
E ao comemorar "SEIS DE SETEMBRO", relembra teu passado triunfal,
E faz do teu presente uma certeza:
"QUE HOJE ÉS GLÓRIA REGIONAL!
(Refrão)
==================================================

Diabetes pode ser vilã de infarto, derrame e outras doenças cardiovasculares. Portanto, fique esperto

Alimentação é uma das principais armas contra a doença
Dados do Ministério da Saúde dizem que existe cerca de 11 milhões de portadores de diabetes, sendo que somente 7,5 milhões são diagnosticados. A diabetes é caracterizada pelo aumento anormal de açúcar no sangue, sendo uma das cinco doenças que mais matam no país.
Não controlada, a diabetes pode facilitar a aparição de outras doenças como infartos, derrames, problemas cardiovasculares, amputação de membros inferiores, perda da visão e perda da função da renal – 50% das pessoas que fazem hemodiálise são portadores de diabetes. Detalhe: a diabetes é a principal causa de cegueira no mundo.
Pessoas têm diabetes tipo 2 e não sabem “Muitas pessoas que possuem diabetes tipo 2 passam anos sem diagnóstico, devido a características da doença e pelo desconhecimento dos médicos não especializados, dificultando o tratamento, o que pode levar a sérias complicações.”
A advertência é do endocrinologista Fadlo Fraige Filho, chefe de Serviço de Endocrinologia do Hospital Beneficência Portuguesa e presidente da Associação Nacional de Assistência ao Diabético (ANAD), destacando a importância de se estar atento aos sintomas da doença para que seja diagnosticada e tratada adequadamente ainda no início, reforça o médico.
Complicações somem com tratamento Acompanhamento médico, uma rotina de atividades físicas e uma alimentação saudável, são ótimas aliadas para um melhor controle da doença e também uma forma de não acarretar outras complicações ao paciente. O médico ressalta que é necessário manter uma dieta equilibrada e personalizada, que deve ser monitorada adequadamente por um médico.
“É importante que o paciente mantenha hábitos saudáveis, sem excessos calóricos e refeições menos ricas em gordura”, explica Dr. Fadlo. “As complicações da diabetes praticamente não existem quando o paciente faz um tratamento adequado, com o acompanhamento do médico especializado, neste caso, o endocrinologista”, destaca o presidente da ANAD.

Pedreiro acusa prefeitura de Boituva de descaso


Servidor municipal diz estar incapacitado
para trabalhar por desatenção da prefeitura
Gama se diz chocado com o abandono a que foi relegado pela prefeitura
Pedreiro concursado pela Prefeitura Municipal de Boituva, o pernambucano Gamaliel José dos Santos completaria no dia 11 de novembro próximo dez anos de trabalho, o que lhe renderia, pelo regime estatutário, 20% de aumento no salário.
No entanto, atualmente está afastado de suas funções, recebendo pelo Auxílio-Doença, o que lhe retira do salário o adicional de tempo de serviço (R$ 59,28) e o adicional de insalubridade (157,35), sem contar que se não puder voltar à ativa corre risco de não receber o prêmio pelos dez anos na Prefeitura.
Aos 55 anos, Gama, como é mais conhecido, diz que sua vida começou a mudar em março passado, quando na tarde do dia 6, uma terça-feira, ele e mais quatro servidores municipais foram soterrados quando a vala de uma obra municipal no Jardim Maria Conceição desbarrancou.

Em vermelho, o que Gama está perdendo
Sem banho, numa cama estropiada – Os outros servidores conseguiram sair, mas Gama levou a pior. “Um monte de terra caiu em cima de mim e eu fiquei soterrado com os joelhos dobrados Meus companheiros de trabalho escalaram em redor e conseguiram me livrar da terra da cintura para cima”, conta.
O trabalho foi completado pelos bombeiros que colocaram uma cinta em torno de Gama e o retiraram da vala, levando-o posteriormente ao hospital São Luiz, onde segundo o relatório da corporação teria ficado sob os cuidados “da Dra. Rafaela, CRM  nº 149.000”.
A história, no entanto, de acordo com a vítima, não é bem assim. “Não havia leito e fui jogado numa cama toda estropiada, sentindo muitas dores, pois fraturei costelas do lado esquerdo. Minha chegada ao hospital foi por volta de uma e meia da tarde, mas fiquei ali todo sujo até lá pelas sete e meia da noite, quando minha mulher chegou e pude então tomar um banho”, relata Gama, com a confirmação da esposa:
“Quando fui avisada, já começo da noite, corri para o hospital. Ele estava todo sujo de terra. Pedi autorização e fui então limpá-lo”, afirma a cabeleireira Terezinha.

Pedreiro se diz chocado com tanto descaso – Gama diz que, até por ser servidor público, não esperava tamanho descaso por conta da prefeitura. “Fui enfaixado e fiquei naquela mesma cama até a manhã de quinta-feira, quando fui despachado para casa”, relembra Gama.
Relatório dos bombeiros sobre a ocorrência
“Os médicos a serviço da prefeitura dizem que estou bem. Mas o fato é que o meu ombro e braço do lado esquerdo estão caídos e já não tenho forças na mão esquerda. Isso é só olhar para mim, para ver. Logo eu que levantava um saco de 50 quilos de cimento com uma mão só”, diz Gama, cumprimentado o jornalista com as duas mãos, para demonstrar a diferença de pegada entre uma e outra.
Gama exibe dois laudos de exames, com detalhes interessantes. Um deles, uma tomografia computadorizada do tórax feita no Centro de Diagnósticos Médicos por Imagem, de Boituva, realizado no dia 12/4/2012, praticamente um mês depois do acidente. No final da página, no item Impressão Diagnóstica, consta o seguinte: “fratura do 2º, 3º, e 4º arcos costais posteriores à esquerda”.

Com a palavra o secretário – O outro exame, feito em 23/5/2012, “um raio x da coluna dorsal e hemitorax esquerdo”, traz no final: “fratura dos arcos costais posteriores 2,3,4, 5 e 6 à esquerda com desvio inferior dos fragmentos laterais, sobretudo do segundo arco”.
Quer dizer, as fraturas aumentaram de três costelas para cinco? Gostaríamos que algum médico do SUS de Boituva se manifestasse, para esclarecer sobre o assunto, uma vez que somos leigos.
A notícia do acidente na manchete do Cidade de Boituva
NP também quer ouvir o secretário municipal de Serviços Urbanos, Orley Ivan Cardoso, que, no dia do acidente, segundo o jornal Cidade de Boituva, de 16 de março, agradeceu a Deus por ter muita gente trabalhando na hora, o que permitiu que se agilizasse o resgate do pedreiro Gama.
NP tentou falar com Orley  pouco antes de colocar no ar este post. Ele não estava. Sua secretária anotou nosso número de telefone e disse que ele ligaria mais tarde.
Gama, que diz sentir fortes dores todos os dias de manhã, afirma que vai procurar a Justiça para cobrar seus direitos.

Coligação Sou Mais Boituva ganha seu 12º partido

PSDB DESISTE DE CANDIDATURA PRÓPRIA
A PREFEITO PARA APOIAR EDSON MARCUSSO
Edson Marcusso, Sergio Marcon, Elzo Sigueta e Juninho Barbosa 
Após reunião da executiva boituvense do PSDB, Elzo Sigueta abriu mão de sua candidatura a prefeito e declarou apoio a Edson Marcusso (PTB).
As candidaturas de Édson, a prefeito, e do vereador Juninho Barbosa (PDT), como vice, foram homologadas em convenção de 11 partidos realizada dia 17/6.
Com o apoio do PSDB,  a coligação majoritária  Sou Mais Boituva  reúne agora 12 partidos
O presidente local do PSDB, Sergio Marcon, informou que na convenção que se realizará neste final de semana o partido homologará a decisão de lançar apenas candidatos a vereadores.

PREFEITA DE BOITUVA ESTÁ EM MAUS LENÇÓIS

JUSTIÇA DECRETA INDISPONIBILIDADE DE SEUS BENS E DE
EMPRESA DE ENGENHARIA, NUM TOTAL DE 1,7 MILHÃO
Reformas do Centro de Eventos foi o  início do rolo
A juíza Heloisa Helena Franchi Nogueira Lucas, da 2ª Vara da Comarca de Boituva, deferiu liminar impetrada pelo Ministério Público do Estado de São Paulo, pleiteando a indisponibilidade dos bens da prefeita boituvense, Assunta Maria Labronici Gomes, e da MHS Engenharia e Consultoria Ltda., de Barueri, num total aproximado de R$ 1,7 milhão.

LEI DE IMPROBIDADE Na ação cível proposta pelo Ministério Público, com base na Lei de Improbidade Administrativa (Lei 8.429/92), foi pedida a condenação da prefeita e da empresa por conta da nulidade do contrato LC 96/11, firmado indevidamente com dispensa de licitação, para ampliação e conclusão das reformas do Centro de Eventos da cidade.
Novo contrato: desculpa de urgência não colou
Em seu despacho, a juíza diz que comparando-se a planilha orçamentária que gerou a tomada de preços realizada em abril de 2010, com a que definiu a contratação direta da MHS, em 2011, observou-se uma verdadeira hipótese de alteração de contrato, em decorrência de acréscimo quantitativo de seu objeto. No entanto, segundo ainda a decisão, “não se realizou nenhum termo aditivo, mas sim se procedeu à nova contratação, com dispensa de licitação”.

PREJUÍZO DE R$ 1.645.711,76 A alegação de urgência, em função de festejos tradicionais, também cai por terra na argumentação da juíza: “Mesmo porque não se pode deixar de considerar que os procedimentos para a reforma do Centro de Eventos tiveram início mais de um ano antes das festividades de agosto e setembro de 2011, não se podendo em julho de 2011, falar em urgência.”
Rombo teria sido de R$ 1.645.711,76
Os novos itens para complementação e ampliação da reforma teriam aumentado em cinco vezes o valor do contrato. No primeiro contrato a MHS teria o prazo de 120 dias para concluir a obra. Portanto, em julho de 2011, quando se solicitou o complemento das obras, elas já estariam concluídas.
Com nessa argumentação, a juíza deferiu a liminar e decretou a indisponibilidade dos bens da prefeita Assunta e da MHS Engenharia até o limite dos prejuízos estimados: R$ 1.645.711, 76.

Com 11 partidos, coligação Sou Mais Boituva terá número recorde de candidatos a vereador: 78

CONVENÇÃO HOMOLOGA CANDIDATURAS DE
MARCUSSO E JUNINHO A PREFEITO E A VICE
José Barbosa Junior e Edson Marcusso
Em convenção que reuniu 11 partidos no último sábado (17/6), na Câmara Municipal de Boituva, foram homologadas as candidaturas de Edson Marcusso (PTB) e José Barbosa Junior (PDT) aos cargos de prefeito e vice-prefeito, respectivamente, para as eleições de 7 de outubro.
Militantes tomaram conta do plenário
A convenção, que superlotou o plenário da Câmara, homologou também as candidaturas de 78 pretendentes à vereança. O número de candidatos a vereador é recorde na história da cidade numa coligação partidária. A coligação, por sinal, já está batizada como “Sou Mais Boituva”.

‘GRUPO COESO’ Para o vereador Juninho Barbosa, como é conhecido José Barbosa Junior, a convenção não era simplesmente um ato homologatório de candidaturas, mas sim o apoio para o recomeço de uma Boituva, com crescimento e desenvolvimento sustentáveis.
Emocionado, Juninho disse que se sentia extremamente feliz por fazer parte de “um grupo forte, coeso, um grupo vencedor”.
Marcusso: político não é vendedor de ilusão
No encerramento da convenção, Marcusso, que já foi prefeito de Boituva por três mandatos, destacou a coragem para superar as  dificuldades demonstrada pelos integrantes do grupo político pelo qual será candidato, lamentando que num país livre ainda haja espaço para perseguições.

PAÍS LIVRE “Nós vivemos num país livre, que não tem escravidão há muitos anos. Mas tem gente que quer ver Boituva subjugada. Mas, enquanto tivermos homens e mulheres corajosos como vocês que estão aí no plenário e como milhares de outras pessoas que estão lá fora, ninguém vai nos subjugar”, disse.
Interrompido várias vezes por aplausos, Marcusso destacou a sua visão sobre o que significa ser político.
“Nós não somos vendedores de ilusões, não. Nós somos representantes de vocês, pelo voto, para transformar os seus sonhos em realidade.”

OS PARTIDOS A coligação ‘Sou Mais Boituva” é integrada por 11 partidos. Saiba quais são os partidos e os seus respectivos presidentes municipais:

Édson Marcusso, PTB (Partido Trabalhista Brasileiro), vereador José Barbosa Junior, PDT (Partido Democrático Trabalhista), Hernando Aquino, PV (Partido Verde), Laercio Codato, PSDC (Partido Social Democrata Cristão), Maria Aparecida Celini, PP (Partido Progressista), Ronaldo Barbosa Silva, PHS (Partido Humanista da Solidariedade), Reinaldo Vaghett, PRP (Partido Republicano Progressista), Waldir Alves, PTC (Partido Trabalhista Cristão), vereador Fabrício Andrade, PSB (Partido Socialista Brasileiro), vereador Joelmir Pereira Camargo, PPS(Partido Popular Socialista) e Silvano de Barros Beserra, PSC ( Partido Social Cristão).

Empresas de energia aliviam R$ 7 bi do nosso bolso

14 MIL ASSINATURAS PEDEM DEVOLUÇÃO
DA GRANA AFANADA ENTRE 2002 E 2009
A Frente de Defesa dos Consumidores de Energia Elétrica entrega, nesta quinta-feira (10/5), ao Tribunal de Contas União (TCU), em Brasília, a petição com mais de 14 mil assinaturas de consumidores, exigindo o ressarcimento de R$ 7 bilhões cobrados indevidamente dos consumidores brasileiros, no período de 2002 a 2009, por conta de erro no cálculo de reajuste das tarifas de energia elétrica. 
As assinaturas foram recolhidas durante a campanha “TCU: o erro não foi nosso. Devolução já!”. A mobilização foi feita nas redes sociais entre os dias 19 de abril e 9 de maio. A Frente é uma iniciativa conjunta da Federação Nacional dos Engenheiros (FNE), Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), Fundação Procon-SP e Proteste.
A expectativa é que os ministros do TCU decidam a questão nas próximas semanas. Os ministros podem ou não seguir o voto do relator, o ministro Valmir Campelo. Um parecer da área técnica do Tribunal de Contas da União recomenda aos ministros do tribunal que as 63 distribuidoras de energia do país sejam obrigadas a devolver todo o dinheiro cobrado a mais dos consumidores durante pelo menos sete anos.
ASSUMEM ERRO, MAS NÃO A DEVOLUÇÃO  A Frente pede ao TCU que seja admitida como terceiro no processo, tendo em vista que é integrada por entidades reconhecidas pela sociedade brasileira e com notória tradição na defesa dos direitos dos consumidores e interesse inequívoco quanto à decisão a ser proferida.
O processo rola pelo TCU desde 2007. Atualmente, a relatoria é do ministro Valmir Campelo. O erro no cálculo já foi comprovado e assumido pela Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) e pelo Ministério de Minas e Energia, porém ainda não houve decisão favorável pelo reembolso, pois, em dezembro de 2010, a Diretoria Colegiada da Aneel decidiu pela não devolução.
"ENGANO" SÓ FOI INTERROMPIDO EM 2009  Devido à estabilidade econômica do País, os brasileiros passaram a consumir mais energia elétrica, pois adquiriram mais televisores, geladeiras, micro-ondas acarretando o aumento da demanda de energia.
Esse aumento não foi causado pela eficiência das distribuidoras de energia e, sim, pelo momento econômico satisfatório do Brasil.
Portanto, as distribuidoras não poderiam lucrar com esse aumento de consumo.
No entanto, havia um erro nos contratos de concessão que permitia o lucro indevido das empresas pelo aumento da demanda.
Esse equívoco se repetiu até 2009. Pela regra do setor elétrico, isso não poderia ocorrer, porque a distribuidora não pode auferir nenhum tipo de ganho se não tenha dado causa a ele.
Sua remuneração só pode ser obtida pela prestação do serviço de distribuição com eficiência - já prevista na composição da tarifa paga pelos consumidores.

Convenção do PTB de Boituva lota a Câmara Municipal e reúne lideranças partidárias locais

Marcusso (ao centro) encerra convenção ladeado por lideranças locais
Aconteceu na Câmara Municipal de Boituva, na manhã de sábado, 28/4, a convenção do Partido Trabalhista Brasileiro (PTB), que reelegeu o ex-prefeito Edson Marcusso como presidente do diretório local daquela agremiação política.
O ato político lotou o plenário da Câmara e reuniu lideranças e presidentes de outros partidos existentes na cidade. Além de ratificá-lo como presidente do partido, a convenção nomeou Marcusso, prefeito de Boituva por três mandatos, delegado local para a convenção estadual do PTB.

Reeleito presidente do PTB, Marcusso
será delegado na convenção estadual
LISTA DE PRESENÇA A convenção do PTB boituvense foi prestigiada pelos seguintes presidentes de partido: Hernando Aquino (PV), Silvano de Barros Beserra (PSC), Maria Aparecida  Celini (PP) , Ronaldo  Barbosa Silva (PHS),  Waldir Alves (PTC), Reinaldo Vaghett (PRP) e  vereador Joelmir Pereira Camargo (PPS).
Mandaram representantes ao evento o vereador Fabricio Andrade (PSB), e Laercio Codato (PSDC). Marcaram presença também o presidente estadual do PRP, Vinicius Ferraz;  o representante do presidente do PTB estadual, deputado Campos Machado; o presidente do Sindicato das Industrias da Alimentação no município,  Zacarias Bezerra da Silva; o padre José Roberto da Guia Azevedo, pároco da Paroquia de São Francisco; o pastor Antonio Carlos Nogueira, da Igreja Evangélica Pentecostal Pastor de Israel; e  os vereadores Valdivino Marcusso e Luiz Crispim.

Você virou chefe. O que fazer a partir de agora?

LIVRO MOSTRA O CAMINHO DAS PEDRAS
PARA AJUDAR MANDA-CHUVAS NOVATOS
Beth Martins, psicóloga e consultora em Recursos Humanos, é a autora do livro “Virei Supervisor, e Agora”, que está sendo lançado na noite desta quinta-feira (26/4), na livraria Saraiva do Shopping Iguatemi, a partir das 19 horas (ver convite abaixo).
A autora explicou a Notícias Populares, o blog, que o livro traz uma série de dicas para os profissionais que até pouco tempo exerciam cargos técnicos, operacionais e administrativos e, de repente, foram ou estão sendo promovidos a supervisores, coordenadores e líderes de equipe ou gestores.
Para ajudar os novos chefes a não quebrar a cara e vencer o desafio de liderar, Beth usa toda sua experiência como coach, psicóloga e criadora do curso Desenvolvimento de Coordenadores e Supervisores.
Entre as questões abordadas estão os desafios do líder no cenário contemporâneo, que muda a todo instante, a construção de uma equipe, treinamento, motivação, planejamento e gerenciamento de tempo.
Mais detalhes sobre o livro de Beth Martins você encontra aqui.

Na terra e no ar Boituva faz a galera vibrar

Prefeito de Boituva por três mandatos, Édson Marcusso (presidente do PTB local) continua fortemente prestigiado pela galera da cidade natal do escriba autor deste blog.
Aqui, ele entrega o troféu da final da Copa da Juventude, realizada dia 8 de abril, e vencida pelos juniores do Sport Club de Boituva. Disputado no Estádio Luiz Grando, da Associação Atlética Boituvense, o time alvigrená da cidade do qual eu já tive a honra de integrar a diretoria, o torneio é promovido pela Associação Desportiva Boituva, sem nenhum apoio oficial.
Na foto, Crispim, Édson (camiseta laranja) e vereador Professor Uca (à direita) entregam o troféu aos representantes do time campeão. Parabéns do Notícias Populares, o blog, aos vencedores.
Pra quem não sabe, Boituva, que já foi duas vezes campeã no futebol amador do Estado de São Paulo, brilha há muitos anos também com um esporte bem radical, sendo considerada a "Capital Nacional do Paraquedismo".
Pois é: na terra e no ar, Boituva faz o povo vibrar.

Trens da CPTM têm média de uma pane por semana

Rede da Caixa Preta do Transporte
Metropolitano encolhe 8 km em 1 ano
Reportagem do jornal Estadão de 7/4 mostra que a malha ferroviária da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos, que o NP prefere chamar de ‘Caixa Preta do Transporte Metropolitano’ encurtou 8,3 quilômetros em um ano.
Segundo o jornal, embora a demanda de passageiros seja crescente – 9,1% nos últimos dois anos –, de 2010 para cá a rede diminuiu cerca de 3%, ficando à disposição dos sofridos usuários 252 quilômetros de trilhos.
Neste período, destaca a reportagem, trechos de duas linhas férreas deixaram de transportar passageiros. Inicialmente, a desativação aconteceu num trajeto de 6,3 quilômetros na Linha-8, Diamante, entre as Estações Amador Bueno e Itapevi.

Brás virou o fim da linha Turquesa
DESATIVAÇÃO ATRÁS DE DESATIVAÇÃO Depois, mais precisamente a partir de agosto, a CPTM desativou a circulação de passageiros entre entre as Estações Brás e Luz da Linha 10 -Turquesa (Brás-Rio Grande da Serra), alegando que executaria obras de modernização no trecho.
Não modernizou porcaria nenhuma e, no começo deste ano, a empresa informou que havia decidido não reabrir o trecho, o que causou a revolta de milhares de usuários, notadamente da região dão ABC paulista, como a internauta Mila Morel, que numa extensa mensagem ao Notícias Populares, o blog, rasgou o verbo contra a tal CPTM. (Confira aqui a bronca)
A reportagem do Estadão ainda mostra que a empresa, que tem a responsabilidade de atender diariamente 2,3 milhões de passageiros, que embarcam em 89 estações espalhadas por 22 cidades da Região Metropolitana de São Paulo, ultimamente tem registrado uma pane por semana.

Apesar da proibição, vende-se de tudo
JORNALISTA PAGA O PATO O secretário estadual de Transportes e responsáveis pela CPTM vivem dando desculpas esfarrapadas para esse serviço porco, mas ninguém explica para onde vai a fortuna que entra todo dia nos cofres da companhia, uma vez que os usuários gastam no mínimo 6 reais por dia (ida e volta) para utilizar a ferrovia. Multiplique-se os R$ 6 por 2,3 milhões e o resultado é uma mina de dinheiro todo dia.
Não bastasse o mau atendimento, recentemente os seguranças da CPTM trataram de forma truculenta um repórter da Rádio Bandeirantes que cobria mais uma das panes rotineiras da empresa. O jornalista foi salvo pelo povão, que agiu em seu favor, lembrando que ele entrara na composição pagando passagem como qualquer passageiro e estava cumprindo o seu dever profissional.
Aliás dever profissional é um conceito que parece não existir na  CPTM. Notícias Populares, o blog, recebeu na última semana fotos de um usuário da Linha Turquesa, mostrando que apesar da proibição repetida insistentemente pelo sistema de som dos três e das estações, pedintes e ambulantes fazem a festa durante os itinerários.

Esmola e papo animado no celular
PEDINTE COM PINTA DE EXECUTIVO Nas fotos do usuário, que não quis que seu nome fosse divulgado, aparecem um adolescente vendendo balas e um pedinte que aparenta ter uma atrofia nas pernas e se locomove num carrinho de rolemã.
O autor das fotos diz que já viu o pedinte várias vezes e ele segue uma verdadeira rotina de trabalho, como se fora um executivo.
“Depois de pedir suas esmolas, o pedinte, que anda sempre com o cabelo bem ajeitado e com roupas limpas, estaciona seu carrinho próximo à porta, abre a pochete e tira um celular mais bacana que o meu. Faz uma ligação e fica jogando conversa fora animadamente até a próxima estação, quando certamente vai descer e entrar em outro vagão”, conta o usuário, lembrando que ninguém mexe com o cidadão.

No Brasil, não basta ser gênio: é preciso morrer

Morre mais um gênio brasileiro tão insubstituível quanto Chico Anysio. Sim, porque Millôr Fernandes, assim como Chico, deixa uma obra incomparável , cheia de peculiaridades e repleta de talento. Jornalista, escritor e tradutor de maravilhosas peças teatrais, refinado humorista-filósofo.
Apaixonei-me pelo trabalho de Millôr assim que cheguei a São Paulo e assisti por três vezes  a sua peça “A História é uma História”, que tinha entre seus intérpretes o também genial ator Cláudio Correia e Castro.
Agora, não tanto talvez como foi com Chico Anysio, que era mais popular, a mídia vai “descobrir” Millôr, fazendo na morte aquilo que pouco fez quando ele estava vivo. Mas infelizmente, como o próprio Millôr já escreveu, a humanidade é assim mesmo:
"A única nobreza do ser humano é ser esplêndido em cinzas, faustoso nos túmulos, solenizando a morte com incrível esplendor, transformando em cerimônia e pompa a estupidez de sua natureza."
----------
Veja mais sobre Millôr:

Curso do Instituto do Coração de SP usará pela primeira vez no Brasil um homem virtual em 3D

Até 30 de abril, estão abertas inscrições do Curso Anual de Eletrocardiografia do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo (Incor), dirigido a profissionais e estudantes de medicina de qualquer especialidade e localidade do País.
A grande novidade neste ano é que, pela primeira vez no Brasil, um curso nessa especialidade será dado com recurso didático do Homem Virtual em 3D, que consiste na reprodução do corpo humano com computação gráfica, de maneira a gerar uma imagem fidedigna da constituição e funcionamento do organismo humano.
Além desse recurso, haverá a implementação de discussão de casos clínicos com traçados de eletrocardiograma em rede social educacional, restrita a professores e alunos.
Estão sendo oferecidas 50 vagas para inscrição no formato presencial do curso e um número ilimitado de vagas na versão à distância, com transmissão pela internet. 
 O certificado de conclusão do Curso Anual de Eletrocardiografia do Incor conta pontos para revalidação do título de especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Inscrições e outras informações pelo site do Incor.
As 32 aulas do programa serão ministradas de 4 de abril a 10 de dezembro de 2012, sempre às segundas-feiras, das 11h30 às 13 horas.

McNojo: sujeira e baratas no McDonald's interditado no shopping em Porto Alegre

Baah, tchê! Esta é pra deixar gaúcho de estômago embrulhado.A franquia da rede McDonald's do shopping Praia de Belas, na zona sul de Porto Alegre, foi interditada pela Vigilância Sanitária por excesso de sujeira e insetos, entre eles as nojentas cucarachas. Após realizar os procedimentos de limpeza, a lanchonete foi reaberta na manhã desta terça (20).
A VS esteve no local pela primeira vez no sábado, quando técnicos observaram excesso de gordura depositada nas coifas da cozinha e um batalhão de baratas. Foi dado prazo para a lanchonete providenciar a dedetização até o domingo.
Em nova visita, no domingo à noite, no entanto, os técnicos não aprovaram a limpeza e o McCucarachas foi interditado na segunda-feira. 
Em 16 de fevereiro de 2011, a Vigilância Sanitária interditou outra loja do McDonald's, dessa vez na rua da Praia Shopping, no centro de Porto Alegre, depois de comprovar a presença de insetos.
Dois dias depois, após uma dedetização, a reabertura do estabelecimento foi autorizada.
Saiba mais no UOL.

Tumbanet permitirá vigiar o defunto dia e noite

BBB MACABRO NÃO VAI
TER SEXO NEM PAREDÃO
Segundo a notícia da Agência Efe divulgada pelo portal UOL, o moderno prédio de nove andares em Quito, capital do Equador, mais parece um hotel.  Na verdade, será o primeiro grande cemitério vertical da América, que contará com conexões de vídeo pela internet para que os familiares, tanto no Equador como em outros países, possam se sentir próximos a seus entes queridos.
O Memorial Necrópole, como foi batizado o ‘tumbanet’, está preparado para abrigar até 24 mil mortos.
Os cofres com os restos mortais ficarão em urnas de 35 centímetros cúbicos cada uma, de madeira e com vidros frontais, organizadas em fileiras e colunas que vão de parede a parede e do piso ao teto. Cada urna abrigará até dois cofres funerários.

SEM EDREDOM NEM PAREDÃO O prédio, que  será inaugurado dia 15 próximo, já tem nas vitrines de um de seus andares cofres com as cinzas de 500 defuntos
Um sofisticado sistema de vídeo permitirá aos familiares dos mortos observarem online, de onde estiverem e a qualquer hora, as urnas de seus entes queridos.
Uma espécie de BBB macabro, sem sexo, sem edredom e sem paredão...

Boituva: abaixo-assinado pelo Ministério da Família

Marcusso, Eymael, Laercio e Douglas
Lideranças políticas de Boituva entregaram ao presidente nacional do PSDC, José Maria Eymael, um abaixo-assinado de apoio à criação do Ministério da Família.
Desde fevereiro de 2011, o PSDC desenvolve uma campanha nacional com o objetivo de coletar 1 milhão de assinaturas para entregar à presidente Dilma Rousseff, propondo a criação do Ministério da Família.
O abaixo-assinado coletado entre a população boituvense foi entregue a Eymael durante visita que o presidente do partido democrata-cristão fez ao diretório de Sorocaba.
Participaram do ato Laercio Codato, presidente do PSDC de Boituva, Douglas Pinto, presidente do PSDC sorocabano, e o presidente do PTB boituvense, Edson Marcusso.

Seu clique ajuda na prevenção do câncer de mama

Acesse o site e clique no botão rosa
A instantaneidade do mundo digital tem coisas maravilhosas e também um monte de porcarias. Você já parou para pensar no quanto de tempo perdemos diariamente procurando separar o joio do trigo?
Então, no que resta desse fim de Dia Internacional da Mulher, use o seu mouse, o seu teclado, para acessar algo que realmente pode fazer a diferença.
Estamos falando do Instituto do Câncer de Mama (http://cancerdemama.com.br/), que tem uma campanha na qual você pode colaborar com um simples clique.
O site Câncer de Mama não está recebendo o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer diariamente uma mamografia gratuita a mulheres de baixa renda.
É por meio do número diário de pessoas que clicam no site que os patrocinadores oferecem a mamografia gratuita a mulheres de baixa renda, em troca de publicidade.
E só entrar no site e clicar na tecla rosa que diz Campanha da Mamografia Digital Gratuita. Vai lá. É simples e vai ajudar muitas mulheres. Clique hoje, clique amanhã, depois, e espalhe para seus amigos.

Delegacia de polícia de Boituva ganha prédio novo

NA INAUGURAÇÃO, ALCKIMIN ANUNCIA
INÍCIO DE MAIS OBRAS PARA A CIDADE
Ronaldo Silva, presidente do PHS, Edson Marcusso, presidente do PTB,
governador Geraldo Alckimin e vereador Val Marcusso



E Boituva, a terra natal do autor desse blog, ganhou nesta terça-feira, 6 de março, um prédio novinho em folha para a delegacia de polícia.
O governador Geraldo Alckimin esteve na cidade para descerrar a placa inaugural das novas instalações da delegacia, que tem 23 espaçosas salas.
Diante das autoridades e políticos lá reunidos – prefeita Assunta Labronici à frente –, Alckimin anunciou a construção de 170 apartamentos do CDHU, cumprindo promessa que fizera em 2002, ao então prefeito Edson Marcusso, que por sinal participou da solenidade como presidente do PTB boituvense. Na época, foi destinado terreno com toda a infraestrutura necessária à construção das habitações populares.
PRÉDIO PARA O FÓRUM Outra obra anunciada pelo governador foi o asfaltamento dos 3 quilômetros que ligam a SP 129 à Estrada de Americana, onde está localizado o Frigorífico Zanqueta. O trevo de acesso, que agora será reformulado e ampliado, foi feito durante o período em que Marcusso esteve à frente da prefeitura por dois mandatos seguidos (1997-2004).
Aliás, o Frigorífico Zanqueta foi instalado na cidade durante a gestão de Marcusso, tendo sido beneficiado pelos incentivos da lei que criou, à época, o Programa de Incentivo aos Novos Empreendimentos (Pine). Graças ao Pine, o local onde foi implantada a empresa recebeu uma grande obra de terraplenagem.
Por fim, Alckimin falou da construção do prédio do Fórum da cidade, obra que também, segundo apurou NP, havia sido definida numa das gestões de Marcusso.
Estava tudo encaminhado, mas depois que Marcusso terminou seu terceiro mandato como prefeito, a prefeitura trocou o terreno e a obra do Fórum foi protelada.
Boituva, 116 quilômetros a oeste da capital pela Rodovia Castelo Branco, é considerada Capital Nacional do Paraquedismo.

Trens da CPTM são lentos, lotados e velhos

USUÁRIA DO ABC DESCE A LENHA NAS
MENTIRAS E NO DESCASO DA EMPRESA
Ponto final da linha Turquesa no Brás transtorna a vida de moradores do ABC
Ninguém pode negar que a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), fundada em 1992, deixou um pouco menos caótico o transporte de passageiros sobre trilhos na capital paulista e em todo o seu entorno.
Mesmo assim, o serviço ainda está longe de ser aquilo que se imagina aceitável para o dia a dia de seus usuários e, principalmente, para um país que está às vésperas de sediar um evento tão gigantesco e grandioso como a Copa do Mundo.

MUDANDO PARA PIOR - O transporte ainda é lerdo, com superlotação em muitas linhas e poucos trens novos – apesar de a empresa alardear que efetuou a compra de dezenas de unidades novas.
Trens de passageiros vão a 10 por hora enquanto os trens de carga voam
Tudo isso sem contar as medidas idiotas que a empresa toma, ignorando qualquer lógica e sem a menor consulta aos seus usuários, como o fim da Estação Luz como ponto final para a linha 10 (Turquesa), que liga Rio Grande da Serra à capital, atendendo muita gente da Região do ABC.
Na Luz, a linha 10 se interligava à linha 7 (Rubi), que sai da Luz rumo a Francisco Morato. Como agora a linha 10 para na Estação Brás, os usuários têm de pegar um outro trem (Guaianases) até a Luz, passando por transtornos mil e encompridando o trajeto até o trabalho ou outros compromissos.
É o caso da internauta Mila Morel, que mandou uma extensa manifestação ao NP, a qual publicamos na íntegra. 
Mila, que mora no ABC, teve duplicado o tempo de sua viagem ao trabalho
Moro em Santo André e trabalho na Lapa. Portanto, o uso do transporte público ferroviário, nesse caso, me pareceu a melhor opção. Eu saía de casa às 13h45, chegava na estação Utinga às 14h05. Geralmente pegava o trem às 14h10, no máximo 14h15; chegava na estação da Luz às 14h45. Mesmo aguardando o trem da Linha 7, que sempre teve um intervalo maior do que o da linha 10, conseguia chegar ao meu trabalho às 15 horas, no máximo 15h05.Ou seja, descontando o tempo que gasto no trajeto a pé, da minha casa até a estação Utinga, que dá por volta de 20 minutos, eu gastava da estação Utinga à estação Lapa aproximadamente 50/55 minutos.

REFORMAS SÃO AS DESCULPAS  Ou seja, menos de uma hora de Utinga até a Lapa. Isso foi em 2008, 2009, 2010.... A partir do ano passado, por conta de reformas e melhorias que a CPTM diz que está fazendo, e eu digo ‘diz’ porque sinceramente só piorou de lá pra cá, tenho feito o percurso Utinga/Luz em UMA HORA! Mais 20 minutos da Luz até a Lapa, mais 20 minutos de casa até Utinga, tenho gasto mais de DUAS horas pra fazer o mesmo percurso que antes era feito em menos de UMA hora.
No Brás, passageiros têm de subir e descer escadas pra pegar trem para a Luz
Por quê? Vou dar um exemplo prático: hoje, dia 1º de março, cheguei à estação Utinga às 14h20. Tinha acabado de passar uma composição. Esperei o próximo que só veio às 14h40. E que só foi chegar ao Brás – porque agora a Linha 10 termina no Brás e não mais na Luz como era até o ano passado (na época mentiram para os usuários dizendo que a mudança seria só enquanto aconteciam as tais reformas dos trilhos e agora, a CPTM declarou que a decisão é definitiva) – às 15 horas. Ou seja: antes eu gastava 20 minutos de Utinga à Luz. Agora são 20 minutos até o Brás. Como assim? Uma estação a menos e demora mais? Ah, mas é porque o trem tem de andar devagarzinho por causa das obras.... Engraçado que, enquanto eu aguardava o trem em Utinga, passou uma composição enorme, com uns 30 vagões de carga, a milhão, numa velocidade que eu NUNCA vi o trem de passageiro andar. Ué? Não é estranho? O trem de carga que é muito mais pesado que o de passageiro pode correr e o de passageiro não pode "porque estamos em obras"?
Cheguei ao Brás. O trem descarrega as pessoas na plataforma 1. Aí a gente tem de subir escada rolante e descer escada rolante para embarcar na plataforma 3 por onde passa os trem da linha de Guaianazes que vão até a Luz. Com essa movimentação toda cheguei à Estação da Luz às 15h20, ou seja, uma hora depois de ter dado entrada na Estação de Utinga em SA. Cheguei ao meu trabalho às 15h40. Antes, chegava às 14h50/14h55.
Facilitou essa mudança da Luz para o Brás? Não. Os trens estão andando mais rápido apesar das reformas todas? Não. Diminuiu o intervalo entre os trens? Não, pelo contrário: estão mais lentos, mais lotados e com intervalos maiores.

CADÊ OS TRENS NOVOS ? O pior é olhar pela janela e ver passando numa das linhas um trem com a seguinte inscrição: Este é o 63º novo trem! Onde estão os novos trens? 63? Onde? Eu consegui usar um ou outro desses novos trens uma vez na vida outra na morte como se diz por aí. Na Linha 10, por exemplo, não tem NENHUM desses novos trens. Na linha 7, deve ter uns dois. Onde estão os outros 61?
Sem falar naquelas paradas tenebrosas no meio do nada que o condutor só sabe repetir como se fosse um robô: ‘paramos para aguardar movimentação do trem à frente’. Isso quando fala alguma coisa. A maioria fica em silêncio. O passageiro fica lá feito bobo sem saber o que vai acontecer. Por isso, muitas vezes se irrita, depreda as composições e sai andando pela linha. Porque quando os trens quebram os funcionários da CPTM não dão nenhuma assistência. Você vê ali senhoras com crianças, idosos e grávidas, pulando  para a linha de uma altura de mais ou menos 2 metros, correndo perigo, enfim, um descaso total. Vide recentes acidentes com vítimas!
CTPM: onde quer que esteja é sinônimo de aglomeração e sufoco
Sem falar quando você fica 20, 30, 40 minutos na estação aguardando uma composição chegar, vendo a plataforma lotar assombrosamente, sem a menor condição de acolher aquela multidão, e nenhum funcionário da CPTM aparece nessas horas. Eles desaparecem como por encanto. Nenhum aviso no sistema de alto-falante. Já passei por situações assim, elas são corriqueiras, não são exceção, não.
Bom, digamos que não tenha jeito mesmo que a CPTM vá manter essa decisão esdrúxula de deixar a Linha 10 terminar no Brás. Muito bem, então coloquem aqueles engenheiros todos, que devem ganhar muito bem e que, com certeza não andam de trem, pra racionar: por que a Linha 10 não faz o desembarque dos passageiros no Brás na plataforma 2, já que a maioria vai embarcar na plataforma 3 para ir em direção à Luz? Economizaria um bom tempo desses usuários.

TUDO PARA COMPLICAR E o embarque poderia ser feito na plataforma 1, sem o menor problema. Já na Luz, a gente desembarcava, vindo do Brás, na plataforma 3 e já embarcava na 2, rumo a Morato. Agora, claro, mudaram pra pior. O desembarque continua na 3, mas o embarque para Morato é na plataforma 1 (onde antes chegava a Linha 10). Então, perde-se um tempo precioso descendo e subindo escadas.
O desembarque de Morato é na 2, mas não há necessidade disso. Podia ser na 1 pra facilitar o embarque de quem vai pra Morato!  Mas, pra que facilitar se a gente pode atrapalhar? Ou, como dizem as más línguas: quando alguma coisa está ruim sempre pode piorar.
A CPTM parece mesmo um caso perdido. Acho que o Ministério Público devia investigar essa empresa de ponta a ponta. Tem muita história mal contada como essa de que a estação da Luz não comporta mais uma linha, de que a decisão de fazer do Brás a estação terminal da Linha 10 aconteceu após uma pesquisa de opinião. Mentira. Nunca participei de pesquisa nenhuma. Não conheço NINGUÈM que tenha participado e não conheço NINGUÉM que esteja gostando dessa mudança.
E como se explica o tempo gasto entre as estações ter aumentado apesar de ter diminuído uma estação? Nem Einstein explica!