No Brasil, não basta ser gênio: é preciso morrer

Morre mais um gênio brasileiro tão insubstituível quanto Chico Anysio. Sim, porque Millôr Fernandes, assim como Chico, deixa uma obra incomparável , cheia de peculiaridades e repleta de talento. Jornalista, escritor e tradutor de maravilhosas peças teatrais, refinado humorista-filósofo.
Apaixonei-me pelo trabalho de Millôr assim que cheguei a São Paulo e assisti por três vezes  a sua peça “A História é uma História”, que tinha entre seus intérpretes o também genial ator Cláudio Correia e Castro.
Agora, não tanto talvez como foi com Chico Anysio, que era mais popular, a mídia vai “descobrir” Millôr, fazendo na morte aquilo que pouco fez quando ele estava vivo. Mas infelizmente, como o próprio Millôr já escreveu, a humanidade é assim mesmo:
"A única nobreza do ser humano é ser esplêndido em cinzas, faustoso nos túmulos, solenizando a morte com incrível esplendor, transformando em cerimônia e pompa a estupidez de sua natureza."
----------
Veja mais sobre Millôr:

Curso do Instituto do Coração de SP usará pela primeira vez no Brasil um homem virtual em 3D

Até 30 de abril, estão abertas inscrições do Curso Anual de Eletrocardiografia do Instituto do Coração do Hospital das Clínicas de São Paulo (Incor), dirigido a profissionais e estudantes de medicina de qualquer especialidade e localidade do País.
A grande novidade neste ano é que, pela primeira vez no Brasil, um curso nessa especialidade será dado com recurso didático do Homem Virtual em 3D, que consiste na reprodução do corpo humano com computação gráfica, de maneira a gerar uma imagem fidedigna da constituição e funcionamento do organismo humano.
Além desse recurso, haverá a implementação de discussão de casos clínicos com traçados de eletrocardiograma em rede social educacional, restrita a professores e alunos.
Estão sendo oferecidas 50 vagas para inscrição no formato presencial do curso e um número ilimitado de vagas na versão à distância, com transmissão pela internet. 
 O certificado de conclusão do Curso Anual de Eletrocardiografia do Incor conta pontos para revalidação do título de especialista em cardiologia pela Sociedade Brasileira de Cardiologia. Inscrições e outras informações pelo site do Incor.
As 32 aulas do programa serão ministradas de 4 de abril a 10 de dezembro de 2012, sempre às segundas-feiras, das 11h30 às 13 horas.

McNojo: sujeira e baratas no McDonald's interditado no shopping em Porto Alegre

Baah, tchê! Esta é pra deixar gaúcho de estômago embrulhado.A franquia da rede McDonald's do shopping Praia de Belas, na zona sul de Porto Alegre, foi interditada pela Vigilância Sanitária por excesso de sujeira e insetos, entre eles as nojentas cucarachas. Após realizar os procedimentos de limpeza, a lanchonete foi reaberta na manhã desta terça (20).
A VS esteve no local pela primeira vez no sábado, quando técnicos observaram excesso de gordura depositada nas coifas da cozinha e um batalhão de baratas. Foi dado prazo para a lanchonete providenciar a dedetização até o domingo.
Em nova visita, no domingo à noite, no entanto, os técnicos não aprovaram a limpeza e o McCucarachas foi interditado na segunda-feira. 
Em 16 de fevereiro de 2011, a Vigilância Sanitária interditou outra loja do McDonald's, dessa vez na rua da Praia Shopping, no centro de Porto Alegre, depois de comprovar a presença de insetos.
Dois dias depois, após uma dedetização, a reabertura do estabelecimento foi autorizada.
Saiba mais no UOL.

Tumbanet permitirá vigiar o defunto dia e noite

BBB MACABRO NÃO VAI
TER SEXO NEM PAREDÃO
Segundo a notícia da Agência Efe divulgada pelo portal UOL, o moderno prédio de nove andares em Quito, capital do Equador, mais parece um hotel.  Na verdade, será o primeiro grande cemitério vertical da América, que contará com conexões de vídeo pela internet para que os familiares, tanto no Equador como em outros países, possam se sentir próximos a seus entes queridos.
O Memorial Necrópole, como foi batizado o ‘tumbanet’, está preparado para abrigar até 24 mil mortos.
Os cofres com os restos mortais ficarão em urnas de 35 centímetros cúbicos cada uma, de madeira e com vidros frontais, organizadas em fileiras e colunas que vão de parede a parede e do piso ao teto. Cada urna abrigará até dois cofres funerários.

SEM EDREDOM NEM PAREDÃO O prédio, que  será inaugurado dia 15 próximo, já tem nas vitrines de um de seus andares cofres com as cinzas de 500 defuntos
Um sofisticado sistema de vídeo permitirá aos familiares dos mortos observarem online, de onde estiverem e a qualquer hora, as urnas de seus entes queridos.
Uma espécie de BBB macabro, sem sexo, sem edredom e sem paredão...

Boituva: abaixo-assinado pelo Ministério da Família

Marcusso, Eymael, Laercio e Douglas
Lideranças políticas de Boituva entregaram ao presidente nacional do PSDC, José Maria Eymael, um abaixo-assinado de apoio à criação do Ministério da Família.
Desde fevereiro de 2011, o PSDC desenvolve uma campanha nacional com o objetivo de coletar 1 milhão de assinaturas para entregar à presidente Dilma Rousseff, propondo a criação do Ministério da Família.
O abaixo-assinado coletado entre a população boituvense foi entregue a Eymael durante visita que o presidente do partido democrata-cristão fez ao diretório de Sorocaba.
Participaram do ato Laercio Codato, presidente do PSDC de Boituva, Douglas Pinto, presidente do PSDC sorocabano, e o presidente do PTB boituvense, Edson Marcusso.

Seu clique ajuda na prevenção do câncer de mama

Acesse o site e clique no botão rosa
A instantaneidade do mundo digital tem coisas maravilhosas e também um monte de porcarias. Você já parou para pensar no quanto de tempo perdemos diariamente procurando separar o joio do trigo?
Então, no que resta desse fim de Dia Internacional da Mulher, use o seu mouse, o seu teclado, para acessar algo que realmente pode fazer a diferença.
Estamos falando do Instituto do Câncer de Mama (http://cancerdemama.com.br/), que tem uma campanha na qual você pode colaborar com um simples clique.
O site Câncer de Mama não está recebendo o número de acessos e cliques necessários para alcançar a cota que lhes permite oferecer diariamente uma mamografia gratuita a mulheres de baixa renda.
É por meio do número diário de pessoas que clicam no site que os patrocinadores oferecem a mamografia gratuita a mulheres de baixa renda, em troca de publicidade.
E só entrar no site e clicar na tecla rosa que diz Campanha da Mamografia Digital Gratuita. Vai lá. É simples e vai ajudar muitas mulheres. Clique hoje, clique amanhã, depois, e espalhe para seus amigos.

Delegacia de polícia de Boituva ganha prédio novo

NA INAUGURAÇÃO, ALCKIMIN ANUNCIA
INÍCIO DE MAIS OBRAS PARA A CIDADE
Ronaldo Silva, presidente do PHS, Edson Marcusso, presidente do PTB,
governador Geraldo Alckimin e vereador Val Marcusso



E Boituva, a terra natal do autor desse blog, ganhou nesta terça-feira, 6 de março, um prédio novinho em folha para a delegacia de polícia.
O governador Geraldo Alckimin esteve na cidade para descerrar a placa inaugural das novas instalações da delegacia, que tem 23 espaçosas salas.
Diante das autoridades e políticos lá reunidos – prefeita Assunta Labronici à frente –, Alckimin anunciou a construção de 170 apartamentos do CDHU, cumprindo promessa que fizera em 2002, ao então prefeito Edson Marcusso, que por sinal participou da solenidade como presidente do PTB boituvense. Na época, foi destinado terreno com toda a infraestrutura necessária à construção das habitações populares.
PRÉDIO PARA O FÓRUM Outra obra anunciada pelo governador foi o asfaltamento dos 3 quilômetros que ligam a SP 129 à Estrada de Americana, onde está localizado o Frigorífico Zanqueta. O trevo de acesso, que agora será reformulado e ampliado, foi feito durante o período em que Marcusso esteve à frente da prefeitura por dois mandatos seguidos (1997-2004).
Aliás, o Frigorífico Zanqueta foi instalado na cidade durante a gestão de Marcusso, tendo sido beneficiado pelos incentivos da lei que criou, à época, o Programa de Incentivo aos Novos Empreendimentos (Pine). Graças ao Pine, o local onde foi implantada a empresa recebeu uma grande obra de terraplenagem.
Por fim, Alckimin falou da construção do prédio do Fórum da cidade, obra que também, segundo apurou NP, havia sido definida numa das gestões de Marcusso.
Estava tudo encaminhado, mas depois que Marcusso terminou seu terceiro mandato como prefeito, a prefeitura trocou o terreno e a obra do Fórum foi protelada.
Boituva, 116 quilômetros a oeste da capital pela Rodovia Castelo Branco, é considerada Capital Nacional do Paraquedismo.

Trens da CPTM são lentos, lotados e velhos

USUÁRIA DO ABC DESCE A LENHA NAS
MENTIRAS E NO DESCASO DA EMPRESA
Ponto final da linha Turquesa no Brás transtorna a vida de moradores do ABC
Ninguém pode negar que a Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), fundada em 1992, deixou um pouco menos caótico o transporte de passageiros sobre trilhos na capital paulista e em todo o seu entorno.
Mesmo assim, o serviço ainda está longe de ser aquilo que se imagina aceitável para o dia a dia de seus usuários e, principalmente, para um país que está às vésperas de sediar um evento tão gigantesco e grandioso como a Copa do Mundo.

MUDANDO PARA PIOR - O transporte ainda é lerdo, com superlotação em muitas linhas e poucos trens novos – apesar de a empresa alardear que efetuou a compra de dezenas de unidades novas.
Trens de passageiros vão a 10 por hora enquanto os trens de carga voam
Tudo isso sem contar as medidas idiotas que a empresa toma, ignorando qualquer lógica e sem a menor consulta aos seus usuários, como o fim da Estação Luz como ponto final para a linha 10 (Turquesa), que liga Rio Grande da Serra à capital, atendendo muita gente da Região do ABC.
Na Luz, a linha 10 se interligava à linha 7 (Rubi), que sai da Luz rumo a Francisco Morato. Como agora a linha 10 para na Estação Brás, os usuários têm de pegar um outro trem (Guaianases) até a Luz, passando por transtornos mil e encompridando o trajeto até o trabalho ou outros compromissos.
É o caso da internauta Mila Morel, que mandou uma extensa manifestação ao NP, a qual publicamos na íntegra. 
Mila, que mora no ABC, teve duplicado o tempo de sua viagem ao trabalho
Moro em Santo André e trabalho na Lapa. Portanto, o uso do transporte público ferroviário, nesse caso, me pareceu a melhor opção. Eu saía de casa às 13h45, chegava na estação Utinga às 14h05. Geralmente pegava o trem às 14h10, no máximo 14h15; chegava na estação da Luz às 14h45. Mesmo aguardando o trem da Linha 7, que sempre teve um intervalo maior do que o da linha 10, conseguia chegar ao meu trabalho às 15 horas, no máximo 15h05.Ou seja, descontando o tempo que gasto no trajeto a pé, da minha casa até a estação Utinga, que dá por volta de 20 minutos, eu gastava da estação Utinga à estação Lapa aproximadamente 50/55 minutos.

REFORMAS SÃO AS DESCULPAS  Ou seja, menos de uma hora de Utinga até a Lapa. Isso foi em 2008, 2009, 2010.... A partir do ano passado, por conta de reformas e melhorias que a CPTM diz que está fazendo, e eu digo ‘diz’ porque sinceramente só piorou de lá pra cá, tenho feito o percurso Utinga/Luz em UMA HORA! Mais 20 minutos da Luz até a Lapa, mais 20 minutos de casa até Utinga, tenho gasto mais de DUAS horas pra fazer o mesmo percurso que antes era feito em menos de UMA hora.
No Brás, passageiros têm de subir e descer escadas pra pegar trem para a Luz
Por quê? Vou dar um exemplo prático: hoje, dia 1º de março, cheguei à estação Utinga às 14h20. Tinha acabado de passar uma composição. Esperei o próximo que só veio às 14h40. E que só foi chegar ao Brás – porque agora a Linha 10 termina no Brás e não mais na Luz como era até o ano passado (na época mentiram para os usuários dizendo que a mudança seria só enquanto aconteciam as tais reformas dos trilhos e agora, a CPTM declarou que a decisão é definitiva) – às 15 horas. Ou seja: antes eu gastava 20 minutos de Utinga à Luz. Agora são 20 minutos até o Brás. Como assim? Uma estação a menos e demora mais? Ah, mas é porque o trem tem de andar devagarzinho por causa das obras.... Engraçado que, enquanto eu aguardava o trem em Utinga, passou uma composição enorme, com uns 30 vagões de carga, a milhão, numa velocidade que eu NUNCA vi o trem de passageiro andar. Ué? Não é estranho? O trem de carga que é muito mais pesado que o de passageiro pode correr e o de passageiro não pode "porque estamos em obras"?
Cheguei ao Brás. O trem descarrega as pessoas na plataforma 1. Aí a gente tem de subir escada rolante e descer escada rolante para embarcar na plataforma 3 por onde passa os trem da linha de Guaianazes que vão até a Luz. Com essa movimentação toda cheguei à Estação da Luz às 15h20, ou seja, uma hora depois de ter dado entrada na Estação de Utinga em SA. Cheguei ao meu trabalho às 15h40. Antes, chegava às 14h50/14h55.
Facilitou essa mudança da Luz para o Brás? Não. Os trens estão andando mais rápido apesar das reformas todas? Não. Diminuiu o intervalo entre os trens? Não, pelo contrário: estão mais lentos, mais lotados e com intervalos maiores.

CADÊ OS TRENS NOVOS ? O pior é olhar pela janela e ver passando numa das linhas um trem com a seguinte inscrição: Este é o 63º novo trem! Onde estão os novos trens? 63? Onde? Eu consegui usar um ou outro desses novos trens uma vez na vida outra na morte como se diz por aí. Na Linha 10, por exemplo, não tem NENHUM desses novos trens. Na linha 7, deve ter uns dois. Onde estão os outros 61?
Sem falar naquelas paradas tenebrosas no meio do nada que o condutor só sabe repetir como se fosse um robô: ‘paramos para aguardar movimentação do trem à frente’. Isso quando fala alguma coisa. A maioria fica em silêncio. O passageiro fica lá feito bobo sem saber o que vai acontecer. Por isso, muitas vezes se irrita, depreda as composições e sai andando pela linha. Porque quando os trens quebram os funcionários da CPTM não dão nenhuma assistência. Você vê ali senhoras com crianças, idosos e grávidas, pulando  para a linha de uma altura de mais ou menos 2 metros, correndo perigo, enfim, um descaso total. Vide recentes acidentes com vítimas!
CTPM: onde quer que esteja é sinônimo de aglomeração e sufoco
Sem falar quando você fica 20, 30, 40 minutos na estação aguardando uma composição chegar, vendo a plataforma lotar assombrosamente, sem a menor condição de acolher aquela multidão, e nenhum funcionário da CPTM aparece nessas horas. Eles desaparecem como por encanto. Nenhum aviso no sistema de alto-falante. Já passei por situações assim, elas são corriqueiras, não são exceção, não.
Bom, digamos que não tenha jeito mesmo que a CPTM vá manter essa decisão esdrúxula de deixar a Linha 10 terminar no Brás. Muito bem, então coloquem aqueles engenheiros todos, que devem ganhar muito bem e que, com certeza não andam de trem, pra racionar: por que a Linha 10 não faz o desembarque dos passageiros no Brás na plataforma 2, já que a maioria vai embarcar na plataforma 3 para ir em direção à Luz? Economizaria um bom tempo desses usuários.

TUDO PARA COMPLICAR E o embarque poderia ser feito na plataforma 1, sem o menor problema. Já na Luz, a gente desembarcava, vindo do Brás, na plataforma 3 e já embarcava na 2, rumo a Morato. Agora, claro, mudaram pra pior. O desembarque continua na 3, mas o embarque para Morato é na plataforma 1 (onde antes chegava a Linha 10). Então, perde-se um tempo precioso descendo e subindo escadas.
O desembarque de Morato é na 2, mas não há necessidade disso. Podia ser na 1 pra facilitar o embarque de quem vai pra Morato!  Mas, pra que facilitar se a gente pode atrapalhar? Ou, como dizem as más línguas: quando alguma coisa está ruim sempre pode piorar.
A CPTM parece mesmo um caso perdido. Acho que o Ministério Público devia investigar essa empresa de ponta a ponta. Tem muita história mal contada como essa de que a estação da Luz não comporta mais uma linha, de que a decisão de fazer do Brás a estação terminal da Linha 10 aconteceu após uma pesquisa de opinião. Mentira. Nunca participei de pesquisa nenhuma. Não conheço NINGUÈM que tenha participado e não conheço NINGUÉM que esteja gostando dessa mudança.
E como se explica o tempo gasto entre as estações ter aumentado apesar de ter diminuído uma estação? Nem Einstein explica!