PARÓQUIA AGITA A GALERA E PREFEITURA GARIMPA SOLUÇÃO PARA 'PASSARELA DO MEDO'

A "passarela do medo", como é chamada, fica num bairro central de São Paulo
Acompanhados de respectivos assessores, o secretário-adjunto de Serviços e Obras, Luiz Ricardo Santoro, e o vereador Claudinho de Souza (PSDB) estiveram reunidos com o padre Luiz Claudio de Almeida e paroquianos para debater possíveis soluções para melhorar e deixar mais segura a imunda, mal conservada e perigosa passarela que liga a Rua Luigi Greco à Rua Capistrano de Abreu, sobre os trilhos da Companhia Paulista de Trens Metropolitanos (CPTM), na Barra Funda, bairro central da cidade de São Paulo.
Na oportunidade, o padre Luiz Claudio, que responde pela Paróquia de Santo Antonio da Barra Funda, entregou cópias do abaixo-assinado que deverá ser encaminhado ao poder público, solicitando providências para trazer mais limpeza e segurança à “passarela do medo”, como foi batizada pelos moradores do pedaço.

SOLUÇÃO TÉCNICA Segundo o secretário-adjunto, a prefeitura vai se entender com a CPTM para buscar uma solução técnica para o problema, para que depois um projeto seja encaminhado ao Legislativo, no sentido de se reservar grana no orçamento para a execução da obra. Terminada a reunião, foi feita uma visita à passarela, que deixa de cabelo em pé quem por ela se arrisca a passar, mesmo que seja à luz do dia.
Padre Luiz entrega abaixo-assinado a Santoro. No meio, o vereador Claudinho

No abaixo-assinado, que já tem cerca de 3 mil assinaturas, moradores da região pedem a urgente revitalização da imunda e perigosa passarela, que poderia facilitar em muito a vida de quem quer pegar o Metrô pela estação Marechal Deodoro (Linha Vermelha), mas que é muito pouco utilizada pela sua péssima iluminação, por estar sempre suja, e ser, arquitetonicamente, uma armadilha para seus usuários, permitindo que assaltantes e até estupradores possam agir livremente, uma vez que não dá visibilidade de fora pra dentro.

DEU ATÉ NA GLOBO A movimentação em torno do abaixo-assinado atraiu, no final do ano passado, a reportagem do “Bom Dia, São Paulo”, da Rede Globo. A repórter Jacqueline Brazil, entre outras pessoas – algumas, inclusive, vítimas de violências ao se arriscar a usar a passarela –, ouviu o padre Luiz Claudio de Almeida, da Paróquia de Santo Antonio da Barra Funda, que encabeça o abaixo-assinado.
Confira a reportagem do BomDia, São Paulo e veja as imagens da visita do secretário-adjunto municipal de Serviços e Obras, Luiz Ricardo Santoro.